Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 15 a 21 Abril 2019

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

As cotações médias nacionais dos novilhos e novilhas de 12-18 meses, de raça Turina e cruzado de Charolês, mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior, excepto as novilhas de raça Turina que registaram um acréscimo de 2 cêntimos/Kg.

Entre Douro e Minho

Na região do Entre Douro e Minho a oferta e a procura de bovinos foram médias e equilibradas. Nas duas áreas de mercado desta região, Entre Douro e Minho e Ribadouro, as cotações pautaram-se pela estabilidade em relação à semana anterior.

Beira Litoral

Na Beira Litoral a oferta de bovinos foi fraca e a procura foi ligeiramente alta em todas as áreas de mercado Viseu, Coimbra e Aveiro. Na área de mercado de Aveiro as novilhas de 12 a 24 meses de raça Turina, registou um aumento de 40 cêntimos/Kg na cotação máxima e de 10 cêntimos/Kg na cotação mais frequente, os novilhos de 12 a 24 meses cruzado de Charolês desceu 20 cêntimos/Kg na cotação mínima.

Na área de mercado de Coimbra verificou-se nos novilhos/as de 12 a 24 meses de raça Turina um aumento de 10 cêntimos/Kg na cotação máxima e na cotação mais frequente.

Na área de mercado de Viseu a vaca de abate cruzado de Charolês aumentou 80 cêntimos/Kg na cotação máxima. Nas restantes categorias e áreas de mercados verificou-se uma estabilidade generalizada das cotações em relação à semana anterior.

Beira Interior

Na Beira Interior a oferta de bovinos foi abundante na área de mercado de Castelo Branco e Guarda e a procura foi média na área de mercado de Castelo Branco e fraca na área de mercado da Guarda. As cotações mantiveram-se estáveis em ambas as áreas de mercado.

Ribatejo e Oeste

No Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo, a oferta e a procura de bovinos foram médias. As cotações mantiveram-se estáveis em todas as categorias e áreas de mercado, em relação à semana anterior.

Alentejo

No Alentejo a oferta e a procura de bovinos foram médias nas áreas de mercado de Elvas, Beja, Estremoz e Alentejo Litoral. Na área de mercado do Alentejo Norte e Évora a oferta foi média e a procura animada.

Na área de mercado de Beja verificou-se nos vitelos /as de 6 a 8 meses cruzado de Charolês uma descida de 10 cêntimos/Kg na cotação máxima e na cotação mais frequente. Verificando-se manutenção das cotações em todas as categorias e áreas de mercado.

A Bolsa do Bovino não se realizou esta quinta feira passada dia 18 de Abril, por ser semana santa.

Todas as cotações aqui.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar - Cotações.

Comente este artigo
Anterior Brasileiros compram mais vinho no comércio grossista
Próximo Holigen vai produzir canábis medicinal em Sintra e Aljustrel

Artigos relacionados

Dossiers

Tempestade tropical Pablo a caminho dos Açores.

:::: TEMPESTADE TROPICAL PABLO ::::
A perturbação 98L completou a transição tropical e tornou-se na tempestade tropical PABLO.
Esta deverá afetar os grupos Central e Oriental dos Açores nas próximas 48 horas. […]

Dossiers

Infarmed já autorizou cinco empresas a cultivar canábis para fins medicinais

Relativamente a pedidos de autorização de colocação no mercado de preparações à base da planta da canábis para fins medicinais, o […]

Dossiers

DGAV procura interessados em ensaios de valor agronómico de variedades

A Direcção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) lançou uma nota relativa à «necessidade de apoio para a realização de ensaios de valor agronómico de variedades de batata, […]