Cotações – Azeite e Azeitona – Informação Semanal – 4 a 10 Fevereiro 2019

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Azeitona para azeite

Na campanha 2018-2019, registou-se atraso na maturação da azeitona, em relação a um ano normal, e, consequentemente, atraso no início da colheita.

O volume de produção deverá ser 20% inferior ao da campanha anterior. Afalta de chuva impediu que os frutos atingissem grandes calibres.

Na semana em análise, a nível nacional, as cotações mais frequentes continuaram a variar entre 0,30€/kg e 0,35€/kg.

Foi dada por encerrada a campanha na área de mercado Alentejo Norte.

Azeite

Em Itália, registou-se uma das piores colheitas de azeitona de sempre e a produção de azeite atingiu um mínimo histórico, caindo 57% em relação à campanha anterior.

Em Espanha, a maturação da azeitona atrasou-se e as chuvas de Outubro e Novembro atrasaram ainda mais o início da colheita. Nos 2 primeiros meses da campanha (Outubro e Novembro), o volume de azeite produzido foi bastante inferior ao normal, mas recuperou ao longo do mês de Dezembro.

No mês de Janeiro os lagares espanhóis laboraram em pleno.

Na semana em análise, as cotações regionais do azeite virgem extra a granel variaram entre 2,45€/kg (Extremadura) e 2,75€/kg (Sevilha e Catalunha). Em Jaén a cotação foi de 2,50€/kg.

Portugal

Em Portugal, a maturação e o início da apanha da azeitona também se atrasaram cerca de 4 semanas, em relação a um ano normal.

Tanto a quantidade de azeitona colhida, como o rendimento da azeitona já laborada são inferiores aos da campanha anterior. Estimamos uma quebra de pelo menos 20% no volume de produção de azeite, em relação à campanha anterior.

Na semana em análise, a cotação mais frequente do azeite virgem extra a granel manteve-se em 3,00€/kg na área de mercado Alentejo Norte.

A cotação mais frequente do azeite virgem extra em garrafão variou entre 4,00€/litro e 5,00€/litro.

As cotações podem ser consultadas aqui.

Comércio internacional

Na campanha 2017-2018 as exportações portuguesas de azeite virgem extra e virgem aumentaram 47% em volume e 45% em valor, relativamente ao período homólogo da campanha 2016-2017.

As exportações totais de azeite atingiram o montante de 607 milhões de euros e o saldo comercial português em azeite mais que duplicou, atingindo o valor de 258 milhões de euros.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar - Cotações.

Comente este artigo
Anterior Cooperativas olivícolas debatem o futuro do sector
Próximo Castro Marim: Amendoeiras em Flor levaram mais de 1000 pessoas à serra algarvia

Artigos relacionados

Sugeridas

COVID-19: Fenapecuária defende suspensão das regras do greening

Tendo em conta o atual contexto de crise que vivemos, um momento verdadeiramente excecional na nossa historia, a FENAPECUÁRIA defende […]

Cotações ES

El lechón alcanza su precio máximo anual


La tendencia alcista del cebado impulsa al alza la cotización del lechón. Las expectativas han aumentado con la alta demanda china y los pedidos ha aumentado con fuerza, […]