Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 26 Outubro a 1 Novembro 2020

Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 26 Outubro a 1 Novembro 2020

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Aves

Na semana em análise as cotações médias nacionais do frango, vivo (de 1,8 kg) e abatido (65% – de 1100 a 1300 g), e do peru, vivo (de 14 a 15 kg) e abatido (80% – de 5,7 a 9,8 kg), mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior.

Na região da Beira Litoral, na área de mercado da Beira Litoral, a oferta e a procura de frango foram médias. A procura voltou a baixar em relação à semana anterior, o que se ficou a dever em parte às limitações nas deslocações a partir de sexta-feira e que se mantiveram durante o fim de semana. Completa estabilidade de cotações do frango abatido e do frango do campo.

No caso do peru abatido registou-se um ligeiro acréscimo da cot. mín. (+5 cêntimos / kg); estabilidade de cotações da perna e peito de peru. As cotações das galinhas vivas, pesadas e semipesadas, também não registaram quaisquer alterações.

Ribatejo e Oeste

Na região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo e Oeste, a oferta e a procura de frango foram médias. Estabilidade de cotações do frango e do peru, vivos e abatidos, da perna e peito de peru e ainda das galinhas vivas, pesadas e semipesadas.

Nota: 1) A partir da 1ª semana de 2020 as 2 Áreas de Mercado da Região da Beira Litoral – Dão-Lafões e Litoral Centro fundiram-se, dando origem à Área de Mercado da Beira Litoral. O mesmo aconteceu para as Áreas de Mercado de Dão-Lafões Gr. e Litoral Centro Gr., de cuja fusão resultou a Área de Mercado da Beira Litoral Gr. 2) Iniciou-se na semana 27 a recolha de cotações da perna e peito de peru nas duas regiões.

Ovos

Na semana em análise as cotações médias nacionais dos ovos classificados e embalados em ovotermo das classes de peso M e L registaram um ligeiro acréscimo em relação à semana anterior (+2 cêntimos / dúzia, em ambos os casos); estabilidade do ovo na produção (ovo a peso de 60 a 68 g).

Na região da Beira Litoral a oferta de ovo foi abundante e a procura relativamente animada nas duas áreas de mercado, Dão-Lafões e Litoral Centro.

Em Dão-Lafões a oferta de ovo das classes de peso S e M é abundante, a de ovo L é suficiente e a de ovo XL é escassa. No Litoral Centro começa a registar-se também uma oferta excedentária de ovos S e M, pois os novos bandos estão a iniciar a postura.

No Litoral Centro está a sair ovo para o mercado externo. No que se refere às cotações +freq., em Dão-Lafões deu-se uma subida dos ovos classificados, em cartão e ovotermo, das classes de peso M e L (+5 cêntimos / dúzia) e uma descida dos ovos classificados em ovotermo das classes S e XL (-5 cêntimos / dúzia).

Na região do Ribatejo e Oeste, na área de mercado do Ribatejo e Oeste, a oferta e a procura de ovo foram médias e equilibradas. Mantém-se a estabilidade das cotações dos ovos, a peso e classificados, em cartão e ovotermo, de todas as classes de peso.

Todas as cotações aqui.

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior Cotações – Suínos – Informação Semanal – 26 Outubro a 1 Novembro 2020
Próximo Cotações – Ovinos e Caprinos – Informação Semanal – 26 Outubro a 1 Novembro 2020

Artigos relacionados

Dossiers

Junho classificou-se como muito frio em Portugal continental

Junho classificou-se como muito frio em Portugal continental
2019-07-03 (IPMA)
O mês de Junho de 2019 foi o 13º […]

Últimas

ADVID publica circular “Evolução da maturação: prestação de serviços 2020”

A ADVID – Associação de Desenvolvimento da Viticultura Duriense divulgou a sua Circular 15 sobre a “Evolução da maturação: prestação de serviços […]

Dossiers

Previsão de trovoadas ( 04-05 Nov )

— Trovoadas significativas, vento, inundações e tempo localmente severo.
Durante esta 4ª e 5ª feira teremos o surgimento de um sistema de baixa pressão sobre o sul de […]