Contingente de 78 militares vai reforçar vigilância aos fogos florestais

Contingente de 78 militares vai reforçar vigilância aos fogos florestais

Um contingente de 78 militares vai integrar o dispositivo de vigilância aos fogos florestais a partir desta quarta-feira e por tempo indeterminado, anunciou o Estado-Maior General das Forças Armadas em comunicado.

“Um total de 78 militares, distribuídos em 26 patrulhas das Forças Armadas (16 do Exército e 10 da Marinha), vão reforçar a partir de hoje, e por período indeterminado, as ações de vigilância terrestre e patrulhamento dissuasor em 14 distritos de Portugal Continental, em apoio à Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC)”, lê-se no texto.

A Proteção Civil alertou segunda-feira para o agravamento do risco de incêndio até sexta-feira para valores “muito elevados a máximos” em todo o território, com o aumento da temperatura e a diminuição da humidade.

Num “aviso à população” foi referido que, de acordo com informações do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), até sexta-feira a temperatura vai subir, variando entre os 30 e os 35 graus, podendo atingir valores superiores no interior.

Ainda segundo os dados fornecidos pelo IPMA, o valor da humidade relativa do ar diminuirá para entre 20% e 30% e mesmo durante a noite não se registarão valores superiores a 50%, inclusivamente no litoral.

O vento deverá ser fraco a moderado, temporariamente com rajadas fortes, até 40 km/h.

Como “efeitos expectáveis” destas condições meteorológicas, a Proteção Civil apontou para o “incremento do perigo de incêndio para valores muito elevados a máximos, na generalidade do território” e o “aumento das ignições”.

O artigo foi publicado originalmente em Correio da Manhã.

Comente este artigo
Anterior Greve motoristas. CAP aconselha agricultores a fazer reservas
Próximo Bolsonaro acusa as ONG de "incendiarem" a floresta

Artigos relacionados

Nacional

IACA apoia pequenos produtores com entregas diárias de ração para animais

A IACA – Associação Portuguesa dos Industriais de Alimentos Compostos para Animais – retoma o projeto IACA Solidária, criado em 2017, […]

Nacional

Produtos vínicos. Declaração de Existências termina dia 10

A apresentação da declaração de existências (DE) constitui uma obrigação de todos os detentores de produtos vínicos, reportando-se aos volumes detidos a 31.07.2019. […]

Dossiers

España fue el tercer perceptor de fondos europeos en 2018, segundo en el caso del gasto agrario

España recuperó posiciones el año pasado entre los principales perceptores de fondos europeos. En 2018 llegaron a nuestro país un total de 12.270,4 millones de euros procedentes del presupuesto comunitario, […]