Continente reforça promoção do Rum Agrícola da Madeira

O Continente promoveu, na passada sexta-feira, o lançamento oficial de uma nova comunicação e de uma gama renovada de Rum Agrícola da Madeira, também conhecido com “aguardente de cana sacarina”.

No âmbito da iniciativa, os responsáveis da insígnia aproveitaram para revelar que o Rum Agrícola da Madeira representa cerca de 20% das vendas totais da categoria de bebidas espirituosas nas lojas Continente, destacando-se, por isso, como um dos segmentos mais importantes.

Desenvolvida pelo Continente, em conjunto com o Instituto do Vinho do Bordado e do Artesanato da Madeira (IVBAM), a Associação de Barman’s Madeira e os três Engenhos/produtores que actualmente colaboram com o retalhista: Engenho Novo da Madeira, Engenhos da Calheta e Engenhos do Norte, esta iniciativa teve o objectivo de promover a valorização deste produto, que é um ex libris da região madeirense cada vez mais reconhecido a nível internacional.

Nova gama com nova sinalética

Além da apresentação da nova gama e da nova sinalética, durante a cerimónia, que contou com a presença do secretário Regional da Agricultura e Pescas, José Humberto Vasconcelos e da presidente do Instituto do Vinho do Bordado e do Artesanato da Madeira, Paula Jardim Duarte, foi desvendada uma inovadora brochura – em português e em inglês – sobre o Rum Agrícola da Madeira, que pretende dar a conhecer as muitas formas de degustar este produto regional através das várias sugestões de cocktail.

Nesta iniciativa, que decorreu na loja Continente de São Martinho, houve ainda lugar para uma acção de degustação que envolveu os três Engenhos envolvidos. No dia seguinte, sábado, dia 15, também os clientes das lojas de Cancela, Madeira Shopping, Ribeira Brava Meia Légua e Viveiros puderam apreciar os sabores e aromas deste produto tipicamente madeirense.

Rum de cana-sacarina

Segundo dados do IVBAM, em 2018, a quantidade de cana-sacarina transformada só para a produção de Rum da Madeira, também conhecido como Aguardente de Cana de Açúcar, foi superior a 8 milhões de kgs, o que representa mais de 300 mil litros, sendo produzida por 858 produtores – números bem elucidativos da grande importância que esta cultura tem no panorama da agricultura regional.

De notar ainda que o Continente comercializa mais de 30 referências, entre rum simples, rum aromatizado e seus derivados.

O Continente tem vindo a desenvolver, ao longo das últimas décadas, “uma relação próxima e profícua com fornecedores e parceiros, promovendo um crescimento sustentado da produção a nível nacional e local, capitalizando as matérias-primas do país e fomentando a economia, a indústria e a criação de emprego”, realça fonte institucional da cadeia de supermercados.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior 56ª Feira Nacional de Agricultura/66ª Feira do Ribatejo: O Orgulho do Ribatejo
Próximo ​Incêndios: Costa diz que as causas profundas nunca serão resolvidas pelo combate

Artigos relacionados

Sugeridas

Comunicado Importante a quem tem Torres e Antenas de Telecomunicações nas explorações agrícolas – Capital imediato

Se é proprietário de um imóvel onde está instalada uma antena de telecomunicações e recebe uma renda da operadora pela utilização do […]

Últimas

Carta da Lusomorango apela a soluções para problemas no Perímetro de Rega do Mira

A organização de produtores (OP) de pequenos frutos Lusomorango enviou hoje, 28 de Maio, a várias entidades, uma carta sobre problemas a nível da «agricultura e desenvolvimento económico no Perímetro de Rega do Mira». […]

Notícias apoios

Governo avalia crédito para apoiar quebras na produção de cerejas

O Governo está a avaliar a possibilidade de avançar com uma linha de crédito para apoiar as perdas de cerca de 80% na produção de cerejas, face […]