Consumo de carne de coelho na Europa. Campanha inverte tendência de queda acentuada

Volvido um ano e meio após o arranque da campanha europeia de promoção ao consumo de carne de coelho, a ASPOC — Associação Portuguesa de Cunicultura fez um balanço positivo da acção, num evento gastronómico que decorreu hoje, dia 22 de Outubro, no espaço FLAT, em Lisboa.

Em declarações à comunicação social, Firmino Sousa, presidente da ASPOC, referiu que “ainda que o consumo não tenha aumentado de forma expressiva no mercado português, resultou, de acordo com os dados do INE, numa subida do preço médio (+4,21%) e no aumento do número de abates (+7,6% em número de animais e +8,3% em toneladas de carne limpa), invertendo a tendência de queda acentuada registada nos últimos anos”.

Firmino Sousa acrescentou que “apesar de não ser possível quantificar o efeito da campanha em termos de exportação, confirmamos que houve um incremento das trocas intra-comunitárias”.

Diversificação

Para os responsáveis da ASPOC, a campanha serviu também para mobilizar o sector para a necessidade de diversificarem e modernizarem as formas de corte e de apresentação do produto e ainda para elucidar os consumidores sobre as vantagens dietéticas e a facilidade de confecção desta carne branca.

Recorrendo ao apoio do Chef Hélio Loureiro e da Associação Portuguesa de Nutricionistas, foi possível sensibilizar jovens de estabelecimentos de ensino profissional e escolas de hotelaria, para a versatilidade da carne de coelho e para as suas propriedades dietéticas, conferindo-lhe um estatuto mais moderno. Até ao final do ano serão ainda desenvolvidas acções de sensibilização semelhantes junto dos profissionais da restauração e dos talhos.

Promoção

Na sessão de balanço da campanha, que contou com a presença de distintos representantes de Entidades Nacionais, da INTERCUN (Organização inter-profissional espanhola do sector cunícola), jornalistas, bloggers e parceiros, foram também apresentados os filmes e outras peças promocionais, que em Portugal têm sido visíveis nos meios televisão, cinema, imprensa escrita e online, redes sociais e pontos de venda aderentes.

“Carne de Coelho – Como a vai cozinhar hoje?”

A campanha europeia recorre ao claim “Carne de Coelho – Como a vai cozinhar hoje?”, numa mensagem simples e direta ao consumidor final, na qual uma carinhosa e simpática avó, ícone do conhecimento, mostra ao seu jovem e ousado neto a infinidade de possibilidades culinárias que a carne de coelho permite.

Recorrendo a peças gráficas e audiovisuais, onde a realidade e o humor coexistem, o consumo de carne de coelho torna-se numa opção que se adapta ao estilo de vida das novas gerações, graças à sua versatilidade culinária, ao baixo teor de gordura, às proteínas e ainda à facilidade de confecção.

A importância da carne de coelho como elemento indispensável na nossa dieta alimentar, recai no conhecimento geracional de uma avó, que conhece e ensina mil e uma deliciosas maneiras de cozinhar.

Financiada pela União Europeia, a campanha prolonga-se até ao fim de 2020 e tem como principal objectivo promover o consumo de carne de coelho de origem europeia, recorrendo à activação de memórias dos consumidores e à passagem de testemunhos geracionais, destacando o valor nutricional e a flexibilidade de adaptação desta carne branca aos tempos modernos.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior Evento |Venha ver a ciência que se faz no ITQB
Próximo Fruit Attraction. Vitacress embarca em “voo directo” de Odemira até Madrid

Artigos relacionados

Nacional

Regantes apelam ao desagravamento dos custos da eletricidade no regadio e pedem apoios para uso de energias renováveis

A FENAREG reuniu ontem, 04 de Abril, com o Secretário de Estado da Energia, João Galamba, a quem apelou à implementação de medidas prioritárias de apoio à sustentabilidade energética do regadio, […]

Nacional

Feira do Alvarinho em Monção espera milhares de visitantes

[Fonte: O Jornal Económico]

Está a decorrer desde ontem, dia 5 de julho, mais uma edição da ‘Feira do Alvarinho de Monção’, […]

Nacional

Esporão compra Quinta do Ameal

O Esporão formalizou a compra da Quinta do Ameal, projeto liderado por Pedro Araújo e pertencente à sua família desde os anos 90. […]