Conferência Alteração ao Regime dos Trabalhadores Independentes na Atividade Agrícola –  24 e 29 de outubro – Vila Real e CNEMA (resp.)

Conferência Alteração ao Regime dos Trabalhadores Independentes na Atividade Agrícola – 24 e 29 de outubro – Vila Real e CNEMA (resp.)

Aos produtores agrícolas com atividade na categoria B do IRS passa a aplicar-se um novo enquadramento legal em matéria de cumprimento da obrigação contributiva e novas responsabilidades declarativas para a segurança social.

A CAP, em parceria com a OCC, promove nos dias 24 e 29 de outubro, respetivamente, na Aula Magna da UTAD em Vila Real e no Auditório do CNEMA em Santarém, a Conferência «Alteração ao Regime dos Trabalhadores Independentes na Atividade Agrícola» onde pretendemos divulgar as novas regras junto de todos os interessados, nomeadamente os agricultores e os profissionais de contabilidade.

Atualize-se. Garanta o seu lugar na Conferência e inscreva-se já.

    →Clique para se inscrever em Vila Real aqui←

   →Clique para se inscrever em Santarém aqui←

→Veja o programa de Vila Real aqui←

→Veja o programa de Santarém aqui←

Comente este artigo
Anterior Crédito Agrícola divulga vencedores do Prémio Empreendedorismo e Inovação
Próximo Concorrência/Agricultura: Comissão publica relatório sobre a aplicação das regras de concorrência no setor agrícola

Artigos relacionados

Últimas

Projecto Melhor Eucalipto apresentado na UTAD – 27 de Setembro 2017 – Vila Real

O Projecto Melhor Eucalipto vai estar na Escola de Ciências Agrárias e Veterinárias da Universidade de Trás os Montes e Alto Douro amanhã, […]

Eventos

TEDxISA – 21 de setembro – Lisboa

O TEDxISA é um evento sem fins lucrativos organizado por uma equipa jovem, de várias áreas, que acreditam que o alcance de um futuro melhor é um objetivo comum a todos nós. […]

Eventos

8º Congresso da CNA – 15 de Abril 2018 – Coimbra

São muito animadoras as indicações recolhidas para que a 15 de Abril – em Coimbra – se realize um grande “8º Congresso da CNA” com lema “Soberania Alimentar –  Com a Agricultura Familiar!”. […]