CONCENTRAÇÃO  de delegações de Agricultores lesados pelos javalis e outros animais selvagens

CONCENTRAÇÃO de delegações de Agricultores lesados pelos javalis e outros animais selvagens

[Fonte: CNA] Quarta-Feira, 31 de Julho, 2019 – a  partir das 15 horas Frente ao Ministério da Agricultura  —  Praça do Comércio  —  Lisboa

Delegações de Agricultores (Região Centro) lesados pelos Javalis e por outros animais selvagens, vão concentrar-se no dia, hora e local supra mencionados, com o objectivo de voltar a chamar a atenção do Ministério da Agricultura e do Governo para o grave problema dos prejuízos causados à Lavoura – à Agricultura Familiar – em vastas Regiões do País, e no Centro em especial.

Tendo sobretudo em conta que, dada a situação descontrolada em que se encontram as populações desses animais selvagens e o elevado montante dos prejuízos, ao Ministério da Agricultura e ao Governo em especial compete acudir à situação dos muitos Agricultores lesados, a CNA e três das suas Filiadas, com os Agricultores, vão voltar a reclamar a atribuição de indemnizações aos Lesados, pelos prejuízos, e o controlo das populações desses animais.

Os Agricultores, nomeadamente os da Agricultura Familiar, não podem “ser obrigados” a alimentar os animais selvagens à custa das produções agrícolas e até florestais. Os prejuízos elevados que se verificam – até agora sem indemnizações – levam mesmo a que muitos e muitos dos Agricultores lesados tenham que abandonar a produção ! Saliente-se que as Organizações promotoras desta Concentração fizeram entrega a 17 de Abril, ao Director-Regional da DRAPCentro, de um documento dirigido ao Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, sobre a situação e com as reclamações dos Agricultores lesados, documento esse que, até hoje, não recebeu resposta do Ministério da Agricultura.

Comente este artigo
Anterior EDIA implementa medidas de combate à seca climatérica
Próximo Câmara de Soure pede à população para não usar golas inflamáveis distribuídas pela Proteção Civil

Artigos relacionados

Nacional

“Interior não pode continuar a ser ignorado”, diz Cáritas de Portalegre-Castelo Branco

A Cáritas diocesana já angariou mais de quatro mil euros para ajudar as vítimas dos incêndios de 2019.

O presidente da Cáritas Diocesana de Portalegre–Castelo Branco diz que o interior “não pode continuar a ser ignorado” e a “ser pasto de chamas”. […]

Dossiers

Estos son los requisitos para que los jóvenes se incorporen a la actividad agraria (I)

Mercedes Morán, ex-directora general de Política Agraria Comunitaria de la Junta de Extremadura
Asegurar el relevo generacional en el sector agrario es una prioridad política y social al ser una de las medidas más efectivas para evitar el despoblamiento y el abandono de nuestro medio rural. […]