Comissão Europeia adota novas regras para circulação de drones

Comissão Europeia adota novas regras para circulação de drones

A Comissão Europeia adotou na passada sexta-feira (24 de maio) novas regras para impedir o “uso indevido” de ‘drones’ na União Europeia (UE) com o objetivo de garantir a segurança dos cidadãos através do registo obrigatório dos operadores e da criação de zonas de exclusão destes aparelhos.

O regulamento europeu substituirá as regras nacionais existentes nos Estados-Membros da União Europeia e pretende garantir a segurança e mitigar os riscos associados ao uso de drones.

“Através do registo dos operadores, da identificação remota e da definição de zonas geográficas [de exclusão], todas as autoridades nacionais terão agora meios para impedir o uso indevido ou atividades ilegais de drones”, diz a Comissão Europeia em comunicado.

As novas regras, que vão entrar em vigor diretamente nos países da União após a publicação no Jornal Oficial da UE, preveem, assim, o registo obrigatório de drones e a sua identificação eletrónica até 2020.

A Comissão Europeia irá publicar em breve um guia para ajudar os operadores de drones a compreender as novas regras e vai rever a legislação de aviação para passar a incluir a operação de drones.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Vida Rural.

Anterior Quercus critica ordenamento florestal que privilegia plantação de eucaliptos
Próximo Madeira lança campanha de prevenção contra incêndios

Artigos relacionados

Ofertas

Oferta de emprego – Sogrape Vinhos – Vila Nova de Gaia

Investigação e Desenvolvimento da Sogrape Vinhos, procura colaborador para participar na organização e dinamização do projeto MEDGOLD.

Ofertas

Oferta de emprego – Engenheiro Agrónomo ou Alimentar – Santarém

A nossa atividade é na área da produção, embalamento e comercialização de azeite, no mercado nacional internacional. Estamos próximos de […]

Nacional

Medidas para prevenção de contaminações por Salmonella

[Fonte: Alltech]
A Salmonella é uma das quatro principais causas de doenças diarreicas que afetam por ano 550 milhões de pessoas a nível mundial, […]