Colóquio Nacional do Milho apresenta Estratégia Nacional para a Promoção da Produção de Cereais

Colóquio Nacional do Milho apresenta Estratégia Nacional para a Promoção da Produção de Cereais

O 9º Colóquio Nacional do Milho reúne, a 7 e 8 de Fevereiro, na Póvoa do Varzim, mais de 450 especialistas nacionais e internacionais para um debate alargado sobre a situação actual e perspectivas futuras do mercado do leite. Durante o evento, organizado pela ANPROMIS – Associação Nacional dos Produtores de Milho e Sorgo, será apresentada em primeira mão a Estratégia Nacional para a Promoção da Produção de Cereais, na qual o milho é uma cultura chave.

Num momento em que o sector nacional e europeu do leite atravessa uma profunda crise, a ANPROMIS – Associação Nacional dos Produtores de Milho e Sorgo pretende contribuir com uma reflexão sobre as estratégias necessárias para que o mercado dos lacticínios alcance um equilíbrio de longo prazo. Participam no debate especialistas nacionais e internacionais, em representação da produção e da distribuição de leite e responsáveis pelas políticas públicas do sector.

O milho é por excelência a base da dieta alimentar das vacas leiteiras. No Colóquio serão abordados os desafios técnicos da produção de milho silagem na perspectiva do aumento da rentabilidade das explorações leiteiras e da melhoria da qualidade do leite, intimamente relacionada com a qualidade do milho. O Colóquio servirá como rampa de lançamento da Estratégia Nacional para a Promoção da Produção de Cereais, um documento de orientação que a fileira dos cereais propõe para os próximos 5 anos, numa óptica do necessário aumento do grau de auto-aprovisionamento em cereais, que ronda actualmente os 30%, sendo um dos mais baixos da União Europeia.

O Grupo de Trabalho para a Promoção da Produção Nacional de Cereais, criado por Despacho do Ministro da Agricultura em Junho de 2017, tem como missão propor a estratégia nacional e o plano de acção para a promoção do desenvolvimento da cultura dos cereais em Portugal, visando inverter a tendência de diminuição da produção que se verificou nos últimos anos.

“Estamos certos que a nona edição do Colóquio Nacional do Milho marcará o início de um ponto de viragem no panorama actual da produção de milho em Portugal. O trabalho conjunto que a fileira dos cereais iniciou há cerca de 8 meses com o Ministério da Agricultura deu origem a um documento orientador vital para a sustentabilidade futura da produção de cereais em Portugal”, afirma José Luís Lopes, presidente da ANPROMIS.

Mais informação sobre o evento aqui 

Comente este artigo
Anterior A Agricultura na Palma da Mão! Ter ou não ter eis a questão! - Sílvia Mocho
Próximo Governo concedeu apoios sem precedentes para agricultores afetados pelos incêndios

Artigos relacionados

Últimas

Candidaturas a sistemas de incentivos nos Açores ascendem a 500 milhões de euros

[Fonte: Açoriano Oriental]

As candidaturas a sistemas de incentivos às empresas nos Açores já representaram um investimento privado superior a 500 milhões de euros, […]

Notícias florestas

​Incêndios. GNR deteve 54 pessoas e registou 6.337 multas devido à falta de limpeza

[Fonte: Rádio Renascença]

Entre 15 de janeiro e 10 de outubro, dia em que terminou o período crítico do Sistema de Defesa da Floresta Contra Incêndios, […]

Comunicados

Lusomorango pede melhores condições para mais de 2200 trabalhadores estrangeiros

A Lusomorango, associação que agrega 42 produtores agrícolas de pequenos frutos na região do Sudeste Alentejano, enviou hoje a carta que pode ser encontrada em anexo para um conjunto alargado de responsáveis […]