Centro Nacional de Competências para as Alterações Climáticas do Setor Agroflorestal

[Fonte: Rede Rural Nacional] O Centro Nacional de Competências para as Alterações Climáticas do Setor Agroflorestal (CNCACSA) foi formalmente criado no último dia 11 de setembro, no pólo do INIAV, em Elvas, com assinatura do seu protocolo de constituição e funcionamento.

A nova estrutura vem unir agricultores, investigadores e entidades da tutela em torno de uma estratégia comum para adaptar a agricultura e as florestas às alterações climáticas e mitigar os seus efeitos.

A Rede Rural Nacional esteve presente neste momento solene e registou o testemunho das principais personalidades associadas à criação deste Centro, entre representantes de entidades gestoras e entidades parceiras.

O Centro de Competências resulta de uma iniciativa da ANPROMIS, da ANPOC, da ADVID, da FENAREG, da FNOP e da UNAC, envolvendo 53 entidades representativas de todo o setor agroflorestal nacional.

Comente este artigo
Anterior Navigator assinalou o 10º aniversário de duas das suas unidades fabris
Próximo Governo define apoio máximo de 3 M€ para o Fundo Florestal Permanente

Artigos relacionados

Comunicados

Anipla subscreve pacto ecológico europeu

A apresentação do Green Deal teve lugar dia 11 de dezembro,
quarta-feira, em Bruxelas, com transmissão direta em Portugal pelas 12h00. […]

Últimas

Quercus pede declaração de estado de emergência climática para o Alentejo

Para combater as alterações climáticas, o presidente da Quercus defendeu que deve haver um trabalho conjunto com o Estado e as autarquias, […]

Ofertas

Oferta de emprego – Engenheiro agrónomo, químico ou biotecnólogo – Águeda

Zeocel admite engenheiro agrónomo, químico ou biotecnólogo que se enquadre nos requisitos dos estágios profissionais do IEFP com experiência […]