CELPA assina protocolo com APA e DGE no âmbito de novo projecto de educação ambiental

CELPA assina protocolo com APA e DGE no âmbito de novo projecto de educação ambiental

Missão 360: Defender a Terra é o Nosso Papel é o novo projecto de educação ambiental promovido pela CELPA – Associação da Indústria Papeleira e suas associadas. Em fase-piloto, o seu principal tema é a Economia Circular e conta com o apoio da Direcção Geral da Educação e da Agência Portuguesa do Ambiente.

Missão 360: Salvar a Terra é o nosso Papel a decorrer durante o corrente ano letivo, terá uma fase piloto em diversos agrupamentos escolares do primeiro e segundo ciclos nas regiões onde se situam as unidades industriais das associadas da CELPA: Aveiro, Constância, Figueira da Foz, Setúbal, Torres Novas, Viana do Castelo e Vila Velha de Rodão.

Os principais objetivos da Missão 360: Defender a Terra é o Nosso Papel passam por promover os princípios da Economia Circular junto das crianças (7-12 anos), das suas famílias e também das comunidades onde se inserem. Através do papel – produto que tem a grande vantagem de ser natural, ter uma base renovável, ser reciclável e biodegradável – e das práticas da própria indústria papeleira, são demonstradas as preocupações permanentes na otimização da produção de recursos, controlando os stocks finitos e equilibrando os fluxos de recursos renováveis.

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e a Direção Geral da Educação (DGE) associam-se agora ao projeto, tendo sido assinado um protocolo com a CELPA – Associação da Indústria Papeleira no passado dia 12 de novembro de 2018 na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa. A cerimónia, simbólica, contou com a presença do presidente da CELPA, Diogo da Silveira, assim como do seu diretor geral Carlos Amaral Vieira, do diretor geral da Direção Geral de Educação (DGE) José Vitor Pedroso e da Vogal do Conselho Diretivo da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) Mercês Ferreira.

A educação ambiental é parte integrante da Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania e constitui um documento de referência nas escolas públicas e privadas que integram o Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular, em convergência com o Perfil dos Alunos à saída da escolaridade obrigatória e com as aprendizagens essenciais.

DGE e APA acompanharão a elaboração dos materiais pedagógicos e iniciativas do projeto. Ambas as entidades procederão também à divulgação dos materiais didático-pedagógicos junto das escolas, designadamente através dos seus sites e organismos ou serviços da tutela.

Veja aqui as imagens:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Comente este artigo
Anterior SAPEC AGRO apresenta novo posicionamento com renovação de marca
Próximo Enmiendas al informe de la PAC: ECVC reitera su campaña ante instituciones a nivel regional y nacional

Artigos relacionados

Comunicados

Crédito Agrícola patrocina “A Cerveja em Lisboa”

Quatro dias de Oktoberfest no Campo Pequeno
Lisboa, 01 de Outubro 2018 – A segunda edição do “A Cerveja em Lisboa” vai contar com o selo de qualidade do Crédito Agrícola. O Banco apoia novamente esta iniciativa que vai realizar-se entre 4 e 7 de Outubro, […]

Comunicados

Ordem dos Médicos Veterinários assinala o Dia Mundial do Animal

No dia 4 de outubro, hospitais, clínicas e consultórios veterinários abrem as suas portas para dar a conhecer o dia a dia de um médico veterinário
No próximo dia 4 de outubro, vários hospitais, clínicas e consultórios veterinários de todo o país vão abrir as suas portas e receber a 2.ª edição do Open Day. […]

Dossiers

1as JORNADAS DE DIVULGAÇÃO: Inovação na Utilização de Algas Marinhas

[Fonte: IPMA]
1as JORNADAS DE DIVULGAÇÃO: Inovação na Utilização de Algas Marinhas
2019-01-14 (IPMA)
O IPMA tem estado envolvido no desenvolvimento do projeto I9 ProAalga, financiado pelo MAR2020, com interesse coletivo pela sua ampla abrangência, a qual inclui uma faceta de biotecnologia marinha direcionada para a investigação e inovação e uma outra vertente que visa assegurar e maximizar a qualidade dos produtos inovadores que venham a ser preparados a partir de algas. […]