CEJA aborda Conselho Informal; estratégias de investigação e bioeconomia bem sucedidos devem ser relevantes para os agricultores e bem financiada

CEJA aborda Conselho Informal; estratégias de investigação e bioeconomia bem sucedidos devem ser relevantes para os agricultores e bem financiada

O presidente do CEJA, Jannes Maes, abordou a reunião informal dos Ministros da Agricultura, em Bucareste, Roménia, sobre o tema da pesquisa em agricultura e da bioeconomia.

“Os jovens agricultores desempenham um papel crucial no futuro do sector agrícola. Muitos deles consideram a bioeconomia como uma forma sustentável para combinar produção e crescimento econômico, reduzindo os impactos negativos sobre o meio ambiente. Dito isto, para que a pesquisa seja eficaz e incentivar a adopção de actividades relacionadas com a bioeconomia, ferramentas bem financiados devem ser postas em prática. Estes devem beneficiar os agricultores diretamente, particularmente os jovens agricultores que enfrentam uma maior incerteza começando”, disse Maes.

Portanto CEJA saúda os instrumentos financeiros apresentados pelo Banco Europeu de Investimento – DG AGRI iniciativa conjunta para melhorar o acesso ao financiamento para jovens agricultores na UE. A iniciativa conjunta é um passo positivo para a prestação de instrumentos eficazes para a bioeconomia, ao lado das outras vantagens que ele oferece jovens agricultores.

Pesquisa e bioeconomia pode contribuir para os objectivos económicos, ambientais e sociais da futura PAC. É fundamental que eles são vantajosos para o desenvolvimento das comunidades rurais, no sentido mais amplo.

Os Estados-Membros passaram a desempenhar um papel crucial na concepção de sua abordagem para o desenvolvimento rural como eles criam seus planos estratégicos da PAC. CEJA apela a todos os Estados-Membros para ser abrangente e coerente para responder às necessidades destacados no análises SWOT, a fim de criar esquemas eficazes que irão beneficiar as gerações atuais e futuras.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Anterior DGAV publica Catálogo Nacional de Variedades de Espécies Agrícolas e Hortícolas
Próximo Projecto Incredible premeia ideias inovadoras que aumentem valor dos produtos florestais

Artigos relacionados

Últimas

Governo reforça defesa da floresta com 20 M€

Estão já abertas as candidaturas aos apoios disponibilizados pelo Governo para reforçar a defesa da floresta contra danos causados por agentes bióticos (pragas e doenças). […]

Últimas

Incêndios: Fogo em Nisa dominado em 90 por cento

O incêndio que deflagrou hoje numa área de mato no concelho de Nisa (Portalegre) estava dominado em 90 por cento do seu perímetro, […]

Últimas

Congresso “Empreendedorismo Agrícola em Zonas de Baixa Densidade” em Peso da Régua


A AJAP – Associação dos Jovens Agricultores de Portugal, em resposta à necessidade de renovação do tecido empresarial agrícola e dinamização do empreendedorismo agrícola em zonas de baixa densidade, […]