Cascais já é uma CityFood

Cascais já é uma CityFood

O município de Cascais já faz parte da rede internacional CityFood, que integra cidades de todos os continentes. A candidatura foi recentemente aprovada, tendo como base a estratégia Terras de Cascais.

Com esta estratégia, o município – através da Cascais Ambiente – pretende promover a agricultura urbana e a produção local de alimentos como alavanca de transformação para um sistema alimentar mais saudável e sustentável na cidade.

A participação da Cascais Ambiente nesta rede deverá contribuir para dinamizar a estratégia Terras de Cascais, bem como promover a rede CityFood em Portugal. Esta rede internacional visa acelerar a ação dos governos locais e regionais sobre os sistemas alimentares das cidades, contribuindo para a sustentabilidade e resiliência do território, através de uma combinação de orientações de políticas públicas e conhecimentos técnicos.

A experiência de Cascais no desenvolvimento da agricultura urbana remonta a 2009, com a criação do projeto Hortas de Cascais, cujo sucesso, marcado pela adesão constante e crescente da população, levou à estruturação de uma estratégia de dinamização do Ecossistema Agrícola do concelho.

Lançado em 2017, a estratégia Terras de Cascais promove a produção local, sazonal e biológica, o consumo consciente, a educação para a alimentação saudável, o empreendedorismo, a inclusão social e toda a dimensão ambiental associada.

Neste sentido, estão a ser desenvolvidos vários projetos com públicos-alvo distintos, que alavancam toda a cadeia de valor da agricultura urbana desde a produção até ao consumo.

Desta forma, Cascais reforça também o seu papel na prossecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, nomeadamente no que respeita ao objetivo 2, relacionado com segurança alimentar, melhoria da nutrição e promoção da agricultura sustentável; e ao objetivo 12, que passa por assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis.

Comente este artigo
Anterior Reconhecimento da «Associação dos Produtores de Fumeiro da Terra Fria Barrosã» como entidade gestora das denominações
Próximo Formação em Comunicação Agrícola - 19 e 20 de Julho 2018 - Lisboa

Artigos relacionados

UE - Instituições e EM

Conselho e PE chegam a acordo de princípio sobre nova política agrícola – comissário

A presidência portuguesa da União Europeia (UE) conseguiu um acordo entre o Conselho e o Parlamento Europeu sobre a reforma da Política Agrícola Comum, anunciou hoje o comissário […]

Dossiers

Os cravos de Abril estão a morrer nas estufas porque ninguém os encomenda

As flores símbolo da revolução de Abril estão murchas, a morrer nas estufas, por falta de procura. Haverá melhor imagem para aquilo que está a […]

Últimas

Seca grave leva Município de Santiago do Cacém a convidar Ministra da Agricultura para visita à região

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém enviou um convite à Ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, para visitar a região de Campilhas […]