Brasileira BRF obtém lucro líquido de 3,4 milhões de euros no primeiro trimestre

Brasileira BRF obtém lucro líquido de 3,4 milhões de euros no primeiro trimestre

A multinacional brasileira BRF, maior exportadora mundial de carne de frango, obteve um lucro líquido de 22 milhões de reais (3,4 milhões de euros) no primeiro trimestre e reverteu as perdas do mesmo período de 2020.

Num comunicado hoje divulgado, a BRF indicou que o resultado se deveu à sua “capacidade de demonstrar resiliência e adaptação às mudanças ambientais” diante da “intensificação” da pandemia de covid-19, que “alterou o comportamento da demanda” e “os fatores de ‘marketing’”.

No primeiro trimestre de 2020, que terminou precisamente quando a covid-19 chegou ao país sul-americano, a BRF havia registado perdas de 38 milhões de reais (5,9 milhões de euros, no câmbio atual).

O lucro bruto de exploração ajustado entre janeiro e março caiu 1,4%, para 1.234 milhões de reais (192,6 milhões de euros), praticamente o mesmo nível alcançado no mesmo período de 2020, antes da pandemia.

A receita líquida atingiu 10,6 mil milhões de reais (1,65 mil milhões de euros), 18,4% a mais em relação ao valor obtido nos três primeiros meses do ano passado.

Já a dívida líquida em 31 de março era de 15,32 mil milhões de reais (2,39 mil milhões de euros), 8,2% a mais do que no ano anterior.

Os investimentos foram de 737 milhões de reais (115 milhões de euros), valor 47% superior ao do período de janeiro a março do ano passado.

Em 2020, a empresa havia conseguido um lucro líquido de 1,39 mil milhões de reais (220 milhões de euros pelo câmbio atual), resultado 367% superior ao registado em 2019, mesmo com a pandemia de covid-19.

No ano passado, a multinacional comercializou 4.479 milhões de toneladas de carnes e alimentos processados, 2,4% a mais do que em 2019.

Comente este artigo
Anterior Autorização de emergência para o controlo da psila-africana-dos-citrinos
Próximo Governo garante que funcionamento do SIRESP está salvaguardado

Artigos relacionados

Blogs

Balança Alimentar Portuguesa – 2020

As disponibilidades alimentares para consumo no período 2016-2020 continuam a evidenciar uma oferta alimentar excessiva e desequilibrada […]

Últimas

Alqueva está na rota do cultivo de canábis

[Fonte: Renascença]
Não há plantações de canábis na área de influência de Alqueva, mas o presidente da Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA), […]

Notícias florestas

Incêndios: Dois dos três fogos em curso às 16:00 são no distrito do Porto em Baião

Três incêndios rurais estavam em curso cerca das 16:00 de hoje no continente, dois em Baião, no distrito do Porto, envolvendo mais de 200 operacionais […]