BPI e John Deere renovam parceria para financiamento de aquisição de máquinas agrícolas

BPI e John Deere renovam parceria para financiamento de aquisição de máquinas agrícolas

O BPI e a John Deere renovaram recentemente o seu protocolo de colaboração. Este protocolo entre as duas empresas visa «facilitar o financiamento da aquisição de máquinas e alfaias agrícolas da marca norte-americana, apoiando os agricultores portugueses nos seus investimentos destinados à modernização da produção agrícola», explica um comunicado do BPI.

Segundo o comunicado, «no âmbito desta parceria, nos últimos cinco anos, foi apoiada a aquisição de 1.734 tractores, correspondentes a um montante global de financiamento de 72,5 milhões de euros». É também referido que, «em 2018, foram vendidos 605 tractores novos da John Deere em Portugal», que esta empresa «lidera as vendas de tractores do segmento de mais de 100 cavalos» no País e que «pretende prosseguir a sua trajectória de sucesso e continuar a apostar nas culturas de elevado valor, na agricultura de precisão e no aproveitamento dos projectos de regadio do Alqueva».

Quanto ao BPI, indica-se que, em 2018, «continuou a consolidar a sua posição no apoio à agricultura, contribuindo para a inovação e internacionalização do sector, disponibilizando uma oferta diversificada de soluções adequadas às necessidades destas empresas e mantendo a liderança nas principais linhas de crédito para o apoio aos agricultores». À data de 31 de Janeiro de 2019, esta entidade bancária registava o primeiro lugar no «número total acumulado de garantias» emitidas pela sociedade de garantia mútua Agrogarante, «com uma quota de 23%», e, na campanha agrícola de 2018, detinha o primeiro lugar no «número total de pedidos de adiantamentos de subsídios à exploração concedidos pelo IFAP e validados pela CAP, com uma quota de 55%», de acordo com dados até 22 de Novembro de 2018.

O BPI detinha ainda, à data de 31 de Outubro de 2018, relativamente à campanha agrícola de 2018, o primeiro lugar no «montante total de crédito na campanha concedido ao abrigo da Linha IFAP Curto Prazo, aos sectores da agricultura, pecuária e silvicultura, com uma quota de 63%». Por fim, o comunicado sublinha que o BPI vai patrocinar a oitava edição do Prémio Nacional de Agricultura e que vai continuar a apoiar iniciativas associadas à agricultura, como a Ovibeja e a Feira Nacional da Agricultura, entre outras.

Notícias relacionadas

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas, Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Cotações – Suínos – Informação Semanal – 22 a 28 Abril 2019
Próximo Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 22 a 28 Abril 2019

Artigos relacionados

Notícias apoios

ENRD lança ficha sobre como valorizar as práticas de gestão agrícola e florestal sustentáveis através da PAC

O Grupo Temático sobre o Pacto Ecológico Europeu e Zonas Rurais da Rede Europeia de Desenvolvimento Rural (ENRD) publicou a ficha informativa “Usando a PAC para valorizar as práticas de gestão agrícola e florestal sustentáveis”. […]

Últimas

Webinar: Boas práticas agrícolas para a biodiversidade no contexto das alterações climáticas – 12 e 13 de outubro

O Workshop “Boas práticas agrícolas para a biodiversidade no contexto das alterações climáticas” contempla dois momentos […]

Dossiers

Indústria do papel quer fazer parte da recuperação verde, investe 100 milhões em sustentabilidade

Altri, DS Smith, Renova e The Navigator Company gerem quase 170 mil hectares de floresta certificada e querem ser “atores fundamentais para […]