Botas de borracha salvaram pastor que viu rebanho dizimado por raio

Botas de borracha salvaram pastor que viu rebanho dizimado por raio

Dario Lima, de Arcos de Valdevez, sobreviveu porque tinha botas de borracha. Perdeu 68 cabras e cabritos.

Maria da Graça e Dario Lima, pastores de Gondoriz, Arcos de Valdevez, fizeram 33 anos de casados a 9 de abril, data que, se até agora merecia comemoração, tornou-se motivo de desgosto: foi quando um raio lhes matou 68 cabras.

Dario andava na serra com o rebanho e falava ao telemóvel quando sentiu uma forte trovoada. Viu cair fulminadas 68 das suas cerca de 320 cabeças de gado caprino de raça bravia. Salvaram-no de morrer eletrocutado as botas de borracha. O que consola o casal de pastores, que tem três filhos, é a onda de apoio e promessas de ajuda financeira.

Após ter corrido a notícia da mortandade, já se disponibilizaram para ajudar a Ordem dos Médicos Veterinários (com angariação de fundos), a Câmara (apoio e conta

Continue a ler este artigo no Jornal de Notícias.

Comente este artigo
Anterior Associações pedem ao PR que promulgue mudança da tutela dos animais de companhia
Próximo Câmara de Sever do Vouga comprou terrenos junto ao rio para eliminar eucaliptos

Artigos relacionados

Últimas

Cambio radical de tendencia en el porcino de capa blanca

Cambio de tendencia en el porcino de capa blanca al anotar un descenso en sus precios ante el exceso de oferta que se registra en el mercado, […]

Nacional

Resolução da Assembleia da República sobre a Agricultura Familiar

Foi hoje publicada a Resolução da Assembleia da República n.º 214/2021, Diário da República n.º 145/2021, Série I de 2021-07-28, que recomenda […]

Últimas

Live-stream: O papel do aconselhamento agronómico em Portugal. Como evoluíram os métodos?

Live-stream: O papel do aconselhamento agronómico em Portugal. Como evoluíram os métodos? […]