INE: Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Maio de 2019

INE: Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Maio de 2019

[Fonte: INE: publicações]

Boletim Mensal da Agricultura e Pescas divulga um conjunto de informação conjuntural relativa ao sector primário. A estrutura desta publicação proporciona, através de dados, gráficos e tabela disponibilizados, uma oportunidade de acompanhar estas temáticas e analisar a evolução através das séries cronológicas apresentadas. A análise qualitativa é acompanhada por alguns elementos gráficos.

Previsões Agrícolas

As previsões agrícolas, em 30 de abril, apontam para alguma recuperação das produtividades nos cereais de outono/inverno, que beneficiaram das condições meteorológicas na fase de enchimento do grão. Estimam-se diminuições de 10% no trigo mole, cevada e aveia e de 15% no trigo duro e triticale, face a 2018. Na batata prevê-se um aumento da área plantada (+4% em termos globais), ao qual não será alheio o aumento dos preços pagos ao produtor. Quanto às culturas de primavera, as sementeiras e plantações têm decorrido com normalidade, antecipando-se um aumento da área instalada de tomate para a indústria (+3%) e a manutenção da área de arroz.
Na cereja, o desenvolvimento inicial e a floração decorreram sem problemas, perspetivando-se um rendimento unitário bastante superior à média do último quinquénio (+35%).

Gado, aves e coelhos abatidos

O peso limpo total de gado abatido e aprovado para consumo em março de 2019 foi 37 191 toneladas, o que correspondeu a um decréscimo de 5,2% (+2,1% em fevereiro), devido ao menor volume de abate registado nos bovinos (-5,0%), suínos (-1,9%), ovinos (-60,7%) e caprinos (-60,6%). O peso limpo total de aves e coelhos abatidos e aprovados para consumo foi 28 245 toneladas, o que representou um decréscimo de 4,8% (+1,7% em fevereiro), devido ao menor volume de galináceos (-7,1%), patos (-8,6%), codornizes (-18,9%) e coelhos (-3,4%).

Produção de aves e ovos

O volume de produção de frango apresentou um acréscimo de 1,3% (+8,1% em fevereiro), com 26 850 toneladas e a produção de ovos de galinha para consumo teve também um aumento de 1,1% (+0,9% em fevereiro), com
9 253 toneladas produzidas.

Produção de leite e produtos lácteos

A recolha de leite de vaca foi 165,5 mil toneladas, o que indica um decréscimo de 1,9%, mantendo a tendência do mês anterior (-2,2% em fevereiro). A produção total de lacticínios seguiu a mesma tendência com um decréscimo de 3,1% (-3,2% em fevereiro), devido à redução da generalidade dos produtos lácteos no mês em análise.

Pescado capturado

O volume de capturas de pescado em Portugal aumentou 68,4% (+34,2% em fevereiro), justificado sobretudo pela maior captura de peixes marinhos, nomeadamente carapau e biqueirão. Às 7 195 toneladas de pescado correspondeu uma receita de 22 950 mil euros, valor que representou um acréscimo de 39,0% (+22,4% em fevereiro). O preço médio do pescado descarregado foi 3,07 Euros/kg, ou seja, um decréscimo de 17,8% (-10,4% em fevereiro).

Preços e índices de preços agrícolas

Em abril de 2019, as variações mais significativas em módulo no índice de preços de produtos agrícolas no produtor foram observadas na batata (+132,5%), ovinos e caprinos (+6,8%), azeite a granel (-24,2%), ovos (-17,6%) e hortícolas frescos (-5,8%).

Em comparação com o mês anterior, as variações de maior amplitude verificaram-se nos suínos (+14,5%), hortícolas frescos (-8,0%) e ovos (-7,9%).

Em março de 2018, o índice de preços de bens e serviços de consumo corrente (INPUT I) aumentou 1,6%, enquanto o índice de preços de bens e serviços de investimento (INPUT II) aumentou 1,1%. Relativamente ao mês anterior, observaram-se igualmente acréscimos de 0,4% e de 0,2% no índice de preços de bens e serviços de consumo corrente e no índice de preços de bens e serviços de investimento, respetivamente.

→Consulte aqui o documento←

Comente este artigo

O artigo INE: Boletim Mensal da Agricultura e Pescas - Maio de 2019 foi publicado originalmente em INE: publicações

Anterior ICNF passa a ser presidido por Nuno Banza
Próximo INE: Chuvas promovem desenvolvimento vegetativo das pastagens e forragens

Artigos relacionados

Nacional

Sogrape – um exemplo mundial de viticultura sustentável

[Fonte: Syngenta]

A Sogrape Vinhos foi distinguida pela segunda vez com um prémio internacional que reconhece a sustentabilidade dos seus negócios nas vertentes ambiental, económica e social. João Vasconcelos Porto e António Graça, respetivamente diretor de viticultura e diretor de I&D da Sogrape, […]

Sugeridas

“Um barril de pólvora”. Distribuição dos fundos comunitários deixa técnicos florestais pessimistas

[Fonte: Rádio Renascença]
Estado português deixa várias dezenas de projectos de valorização da floresta sem fundos comunitários.

Os técnicos florestais estão pessimistas após a divulgação dos resultados da distribuição de fundos comunitários para o sector, no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural 2020 (PDR 2020). […]

Comunicados

Boletim n.º 5 do ICAAM – Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas da Universidade de Évora

O ICAAM – Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas da Universidade de Évora disponibiliza o  Boletim Informativo n.º5 do mês de Janeiro 2018
Conheças as noticias destacadas ,os projectos levados a cabo pelo ICAAM , os vídeos e ainda dois artigos de opinião de sobre a Xylella fastidiosa e  uma conversa sobre a missão erasmus. […]