Barragem de Santa Clara a menos de metade. Pequenos produtores sem água

Barragem de Santa Clara a menos de metade. Pequenos produtores sem água

A Associação de Beneficiários do Mira cortou a água aos pequenos agricultores que há décadas se abasteciam no canal de rega ligado à albufeira.

A ameaça já tinha sido feita no início do ano, mas, há algumas semanas, António Guerreiro viu-a concretizada. “Cortaram sem um aviso, tiraram o contador e os tubos de água e pronto”, conta. “Há trinta e tal anos que vivo aqui e sempre tive água”, lamenta. António vive em S. Miguel, no concelho de Odemira, e tem um pequeno quintal onde planta alguns hortícolas que lhe dão para o gasto da casa e ajudam na magra reforma.

A albufeira que abastece toda esta zona do sudoeste alentejano é a Barragem de Santa Clara, que, ainda antes do início do verão, já se encontra a 49% da sua capacidade. Devido à escassez de água que cada vez mais se faz sentir nesta zona, a Associação de Beneficiários do Mira (ABMira), o organismo que gere a albufeira, decidiu cortar a água a pequenos produtores. Agricultores a que chamam “precários” e que se encontram fora do perímetro de rega do Mira. No entanto, são agricultores que há décadas retiram e pagam a água para as suas hortas do canal que vem da barragem.

Continue a ler este artigo na TSF.

Comente este artigo
Anterior Incêndios: Oito concelhos dos distritos de Faro e Bragança em risco máximo
Próximo Brochura: Desbastes em povoamentos jovens de sobreiro

Artigos relacionados

Internacional

Época de incêndios acaba de começar nos EUA mas a destruição já é elevada

A época dos incêndios nos EUA acaba de começar mas os fogos já estão a destruir centenas de milhar de hectares no Oeste do país e do Canadá, alimentados por uma seca alarmante. […]

Nacional

Aumentam as vendas online de produtos agrícolas

Pequenos produtores agrícolas encontraram na internet um meio muito eficaz para escoar a produção. A encomenda de cabazes e a entrega ao domicílio transformou-se numa alternativa para […]

Últimas

O regresso da saga do petróleo verde – Paulo Pimenta de Castro e João Camargo

Não podemos fazer contas simples para problemas complexos: a bioenergia utilizada numa óptica extractivista, ignorando impactos nos solos, na água, na […]