Bancos perdoam milhões para garantir continuidade de empresa líder na produção de cogumelos

Bancos perdoam milhões para garantir continuidade de empresa líder na produção de cogumelos

A banca perdoou cerca de 70% dos créditos da principal empresa do grupo Sousacamp, líder na produção de cogumelos em Portugal. Solução permite “preservação do emprego” e a “continuidade deste player”.

A banca perdoou milhões de euros em dívida àquele que é o maior produtor português de cogumelos, avança o Jornal de Negócios. A Varandas de Sousa, empresa principal do grupo Sousacamp, tem dívidas no valor de 60 milhões de euros e esteve dois anos à beira da falência. Depois de várias tentativas de recuperação, a empresa foi adquirida por um fundo gerido pela capital de risco Core Capital que viu serem perdoados cerca de três quartos da dívida.

O jornal assegura que a banca perdoou perto de 70% dos créditos: o Novo Banco fez um desconto (“haircut”) de cerca de 24 milhões dos mais de 34 milhões de euros em dívida e a Caixa Agrícola Mútuo desistiu de 11 milhões dos cerca de 15,9 milhões de euros que reclamava. Os credores comuns foram obrigados a perdoar grande parte dos seus créditos sobre a Varandas de Sousa, Galp (203 mil euros) e EDP (42 mil euros) incluídas. Os créditos ao Fisco e à Segurança Social serão pagos na totalidade.

Bruno Costa Pereira, administrador da insolvência da Sousacamp e da Varandas de Sousa, disse ao Jornal de Negócios que a solução “é a que melhor garante os interesses dos credores” e é também uma forma de garantir a “preservação do emprego” e da “continuidade deste player”.

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Comente este artigo
Anterior Conhece o Plano de Acção para Controlo da Doença Hemorrágica Viral do Coelho-bravo?
Próximo Doença hemorrágica viral dos coelhos

Artigos relacionados

Últimas

Governo diz que “está cumprida” a recomendação para revisão do plano de combate à desertificação

“Eu direi que essa recomendação está cumprida. Ele [o plano] já foi revisto numa boa parte a partir do momento em que o Governo aprovou, […]

Nacional

Marcolino Wines And Oils faz upgrade à sua gama de brancos

A Marcolino Wines And Oils decidiu proceder ao upgrade da sua gama de brancos, produzindo um novo vinho, o Visconde de Borba Branco Reserva 2017, […]

Últimas

Sindicato admite greve em 2020 de trabalhadores dos matadouros nos Açores

Em nota, o sindicato refere que reuniu na quarta-feira com o secretário regional da Agricultura e Florestas dos Açores para debater a proposta de reposição da carreira específica regional dos trabalhadores dos matadouros dos Açores, […]