Autorizado enriquecimento de uvas e mosto de uvas para 2019/2020

Autorizado enriquecimento de uvas e mosto de uvas para 2019/2020

É autorizada, para a campanha 2019/2020, a utilização da prática enológica de aumento do título alcoométrico na vinificação por adição de mosto concentrado ou concentrado rectificado.

Segundo nota informativa divulgada pelo Instituto da Vinha e do Vinho, na campanha 2019/2020 · mantêm-se os limites estabelecidos para a realização da operação definidos para as campanhas anteriores.

Para os produtos aptos a DO/IG devem ser consultadas as correspondentes entidades certificadoras (CVR), pois podem estabelecer limites mais baixos.

A utilização de mosto concentrado e concentrado rectificado no enriquecimento não beneficia de qualquer ajuda.

A Declaração de Operação de Enriquecimento é efectuada por submissão electrónica através do Sistema de Informação da vinha e do vinho (SIvv), sendo que a Declaração de Intenção deve ser entregue até 2 dias antes da data de realização das operações e a Declaração de Enriquecimento até 5 dias depois da data de realização das operações.

Procedimentos 

Operadores que já utilizam o SIvv: Apenas têm de aceder ao mesmo, efectuando a sua autenticação através da indicação do número de identificação fiscal (NIF) e do respectivo código de acesso;

Operadores que pretendem aceder ao SIvv pela 1.ª vez: O acesso é efectuado aqui.  Para a obtenção de um código de acesso deverá ter associado ao seu registo de entidade um correio electrónico válido para onde o mesmo será enviado.

Comunicação dos transportes de MC/MCR: Os documentos de acompanhamento do MC/MCR provenientes de outros países da União Europeia deverão ser registados no SIvv em: Trânsitos – Documento de Acompanhamento – Recepção.

Restrições

Tal como nas campanhas anteriores, as entidades certificadoras estabelecerão as condições de aplicação desta prática enológica para os produtos com DO e IG que certificam.

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Developing countries likely to boost CO2 emissions to combat hunger, study finds
Próximo Governo dos Açores mantém modernização das infra-estruturas agrícolas da Graciosa em 2020

Artigos relacionados

Nacional

Arrigoni disponibiliza soluções anti-granizo

Tendo em conta que o granizo pode causar sérios prejuízos aos fruticultores, a Arrigoni dispõe de uma gama de produtos para ajudar os produtores a responderem a estas situações, […]

Últimas

Ovibeja 2019

A 36ª Ovibeja abriu portas, com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

O tema principal do ano de 2019 são as alterações climáticas e a agricultura, […]

Nacional

Estão abertas as candidaturas ao Prémio Especial Porco D’Ouro MAFDR

Durante o mês de maio estão abertas as candidaturas ao Prémio Especial Porco D’Ouro MAFDR à Sanidade, Bem-Estar Animal e Ambiente. […]