Ásia e a Oceânia vão representar 56% das compras mundiais de frutas e legumes em 2030 – Suplemento AgroVida

Ásia e a Oceânia vão representar 56% das compras mundiais de frutas e legumes em 2030 – Suplemento AgroVida

Fonte [Vida Económica]

Contrariamente ao período entre 2010 e 2017, em que as exportações portuguesas de frutas e legumes cresceram, em média, acima de 10% ao ano em valor, passando de 780 milhões de euros para 1472 milhões, nos primeiros meses de 2018 “não houve crescimento das exportações, em valor, face ao período homólogo”. Há, pelo contrário, “uma quebra de 1%”, constata o presidente da Portugal Fresh. Em 2018, até julho, o valor das exportações atingiu 939 milhões de euros, contra 948 milhões de euros em 2017, assume Gonçalo Andrade, em entrevista à “Vida Económica” antes da feira Fruit Attraction, que tem lugar em Madrid de 23 a 25 de outubro.

Há, porém, esperança no futuro do consumo e das transações internacionais neste setor. O presidente da Portugal Fresh revela os dados de um estudo divulgado após a feira Fruit Logistica de Berlim, em fevereiro, que compara dados reais de compras

mundiais de frutas e legumes em 2015 e faz uma estimativa de compras para 2030. E os números são animadores: as compras de frutas e legumes no mundo vão passar de 2,1 biliões de euros, em 2015, para 4,8 biliões de euros em 2030. E, em 2030, a Ásia e a Oceânia vão representar 56% das compras mundiais deste setor.

→Descarregue aqui o suplemento AgroVida de Outubro 2018 – Especial Fruit Attraction Madrid←

Comente este artigo
Anterior Elevados valores de biotoxinas paralisantes
Próximo CNA visita zona muito afectada pelo Grande Incêndio do ano passado.

Artigos relacionados

Eventos

6.º Congresso da Indústria Agroalimentar prepara o futuro – 4 de Abril 2017 – Lisboa


6º Congresso da Indústria Portuguesa Agroalimentar realiza-se a 4 de abril, no Convento do Beato, em Lisboa, e tem como tema “Criar Valor, Construir o futuro”
No ano em que assinala 30 anos, a Federação das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares convida variado e prestigiado painel de oradores para discutir e antecipar os desafios futuros deste sector. […]

Últimas

Mais de 128.000 hectares ardidos, maior área da última década em período homólogo

Lisboa, 04 ago (Lusa) — Os incêndios florestais consumiram este ano mais de 128 mil hectares, a maior área ardida no mesmo período na última década e quase cinco vezes mais do que a média anual dos últimos dez anos.

Comente este artigo
#wpdevar_comment_5 span,#wpdevar_comment_5 iframe{width:100% !important;} […]

Últimas

DGAV promove a divulgação das Medidas de Prevenção da Peste Suína Africana

[Fonte: Agricultura e Mar]
A DGAV – Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária promove a divulgação das Medidas de Prevenção da Peste Suína Africana em cumprimento das determinações legislativas comunitárias.
Está em causa a Decisão n.º 2018/263 de 4 de Junho que altera a Decisão n.º […]