Aprovada a Agenda de Inovação para a Agricultura 2020-2030

Aprovada a Agenda de Inovação para a Agricultura 2020-2030

Foi publicada a Resolução do Conselho de Ministros n.º 86/2020, de 13 de outubro de 2020, que aprova a Agenda de Inovação para a Agricultura 2020-2030.

A Agenda de Inovação para a Agricultura 2020-2030 foi publicada hoje em Diário da República, com propostas de “resposta ágil e adequada”, segundo o Governo, a desafios do setor agroalimentar, como alterações climáticas, mudanças no consumo e digitalização.

A agenda, apresentada no início de setembro, debruça-se sobre a coesão, a agricultura e a floresta, traçando uma estratégia de médio prazo para o setor, que inclui previsões de alteração na demografia, com menos população em Portugal, mas mais a nível mundial e mais concentrada nas cidades, e menos recursos.

A agenda pretende também promover um “maior respeito pela natureza e pela preservação da biodiversidade”, combatendo a degradação dos solos e o desperdício no processo produtivo, e um modelo agrícola sustentável, que assegure uma alimentação de qualidade e em quantidade, assente em produtos frescos, da época, locais, em cadeias curtas, por forma a reduzir a pegada ecológica.

O primeiro-ministro, António Costa, em setembro na Agroglobal, numa sessão de apresentação da visão estratégica para a agricultura, alimentação e território, defendeu que a agricultura tem de ser colocada “no centro das preocupações” e realçou o papel da inovação no setor, sublinhando que o digital é “tão importante como a enxada”.

Frisando que “a inovação vai ter um papel fundamental para continuar a assegurar que a alimentação contribui cada vez mais para uma melhor saúde, para assegurar uma maior coesão territorial e maior sustentabilidade ambiental”, António Costa defendeu que o digital “não é o oposto do trabalho agrícola”.

“Cada vez mais as tecnologias da informação são uma ferramenta de trabalho tão importante como a enxada para o trabalho agrícola”, concluiu.

→ Consulte aqui a Resolução do Conselho de Ministros n.º 86/2020 ←

→ Apresentação da Agenda da Inovação para a Agricultura – Terra Futura ←

Comente este artigo
Anterior OE2021: Governo quer definir modelo profissional permanente para proteção civil
Próximo Incêndios: Autarcas de Oleiros, Castelo Branco e Proença-a-Nova pedem ajuda urgente ao Governo

Artigos relacionados

Dossiers

Resumo Climático – 1.º Semestre – Janeiro-Junho de 2020

Encontra-se disponível para consulta o Resumo Climatológico relativo ao primeiro semestre de 2020 (janeiro a junho). […]

Nacional

Corteva Agriscience conclui a sua separação da DowDuPont para formar uma sociedade puramente agrícola líder, independente e global

A Corteva, Inc. (NYSE: CTVA) concluiu com sucesso a sua separação da DowDuPont, tornando-se uma sociedade puramente agrícola líder e global que oferece soluções completas que os agricultores necessitam para maximizar a sua produção e os seus lucros. […]

Nacional

Quem é quem na nova Comissão Europeia

Presidente da Comissão Europeia
Ursula von der Leyen, Alemanha (PPE)

Ursula van der Leyen EPA
Aos 60 anos, a conservadora alemã que se iniciou tardiamente na actividade política, […]