ANIL alerta para campanhas difamatórias do leite sem fundamentação científica

ANIL alerta para campanhas difamatórias do leite sem fundamentação científica

Pelo segundo ano consecutivo, entidades da indústria de lacticínios voltam a levar a cabo a campanha nacional de promoção dos “benefícios do leite e lacticínios para uma alimentação saudável”, que pretende consciencializar a população em geral para aquele que é um alimento rico em proteína, cálcio e vitaminas. Perante as contradições existentes quanto ao seu consumo, longo tem sido o caminho percorrido com o objetivo de suprimir a estigmatização.

Diante esta realidade, a Direção da Associação Nacional da Indústria dos Lacticínios (ANIL) salienta a importância de compreender toda a informação que é divulgada: “Estamos a observar que o consumidor português está mais informado, tomando decisões mais conscientes sobre a sua alimentação e evitando a adesão a campanhas difamatórias sem fundamentação científica robusta”.

A ANIL e toda a sua Direção, liderada por Paulo Leite, congratula a ALIP e APED pela adesão dos vários operadores da Distribuição, bem como a comunicação desta campanha, transversal a toda a cadeia, apoiada pela Direção Geral da Saúde e pela Associação Portuguesa de Nutrição.A ciência demonstra que para uma alimentação saudável e equilibrada, os lacticínios devem representar 18% da pirâmide alimentar, o que corresponde de 2 a 3 porções diárias entre leite, queijo e iogurte”, recorda a direção da ANIL.

De forma a relembrar sobre a posição dos produtos lácteos na pirâmide alimentar, esta iniciativa visa impactar o consumidor através de folhetos informativos, comunicação áudio em mais de 1.500 híperes e supermercados e nas plataformas online dos associados da APED, procurando reverter a estigmatização criada em torno do tema e salientando as mais valias do consumo dos produtos lácteos nas várias fases da vida, desde a infância até à idade sénior.

A4 LEITE

Comente este artigo
Anterior Lançamento do Manual de boas práticas da Cultura do Medronheiro - 8 de Dezembro 2017 - Pampilhosa da Serra
Próximo BEI financia 1,9 mil milhões de euros de projetos portugueses no Plano Juncker

Artigos relacionados

Últimas

Presidente do Governo dos Açores realça condições da rede de matadouros da região

[Fonte: Açoriano Oriental]

O presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, defendeu que a região tem uma rede de matadouros com condições para valorizar o setor da carne e reforçar a competitividade da agricultura açoriana.

“Com a inauguração deste novo matadouro da ilha Graciosa estamos a concluir um grande ciclo de investimentos neste tipo de infraestruturas na região”, […]

Últimas

Capoulas Santos defende mais apoios na PAC para as regiões ultraperiféricas

[Fonte: Vida Rural]

O ministro da Agricultura, Capoulas Santos, defendeu esta terça-feira (18 de junho), durante uma reunião do Conselho de Ministros da Agricultura da União Europeia, um reforço dos apoios da Política Agrícola Comum (PAC) para as regiões ultraperiféricas, […]

Últimas

Legislatura: Estivadores e agricultores protestaram e motoristas puseram (e põem) país em alerta

[Fonte: SAPO 24]

A legislatura fica marcada por protestos de estivadores, suinicultores e produtores de leite, que motivaram intervenção do Governo, mas sobretudo pela greve dos motoristas de matérias perigosas que parou o país e levou o executivo a decretar “situação de alerta”. […]