Alterações climáticas: praias e agricultura ameaçadas

Alterações climáticas: praias e agricultura ameaçadas

Projetos Expresso. As declarações dos protagonistas do segundo debate digital do projeto “50 para 2050”, uma iniciativa do Expresso e da petrolífera BP, e que teve como tema as alterações climáticas

“Muitas das consequências das alterações climáticas chegaram a um ponto de não retorno”, lembra Carlos Fulgêncio, coordenador em Portugal do The Climate Reality Project

“Começámos a sentir os efeitos que estavam previstos desde há 20 ou 30 anos”, sublinha Pedro Barata, CEO da Get2C

“Há duas razões para a mudança climática: demografia e uso de energia”, refere Pedro Miranda, professor da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL)

“A articulação de políticas públicas é crítica para ter um país onde os fogos severos são eventos raros”, defende Tiago Martins de Oliveira, presidente da Agência de Gestão Integrada dos Fogos Florestais

O artigo foi publicado originalmente em Expresso.

Comente este artigo
Anterior El Parlamento Europeo, en contra de destinar fondos de la PAC para los toros de lidia
Próximo Regadio com 750 ME do PNI para revitalização e aumento da área - Ministra

Artigos relacionados

Nacional

Covid-19 na agricultura: “É preciso pagar, pagar, pagar!”

A consultora Consulai promoveu esta manhã (31 de março) um webinar sobre ‘A Agricultura em tempo de crise que pretendeu refletir e antecipar o […]

Dossiers

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável na alimentação longe de serem cumpridos

O mundo está longe de cumprir a maioria dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) ligados à segurança alimentar para 2030, sublinhou hoje a agência da ONU para a Alimentação e Agricultura (FAO). […]

Últimas

Vinificação em lagares rupestres é método tradicional de produção “Transmontano”

A indicação geográfica (IG) Transmontano foi alargada aos vinhos espumantes e frisantes, a novas castas e passou a incluir a vinificação em lagares rupestres como um método tradicional de […]