Alimentos geneticamente modificados – seguros ou não?

Alimentos geneticamente modificados – seguros ou não?

Embora o uso de OGM seja muito antigo, este é do desconhecimento da comunidade geral. Por exemplo, nós próprios podemos ser considerados OGM pois temos genes com origem em elementos virais.

Sabe-se atualmente que, durante a evolução, muitas espécies incorporaram no seu DNA genes originários em elementos virais ou em bactérias. Afinal, os alimentos OGM são seguros ou não?

→Leia o artigo da autoria de Eugénia de Andrade e Isabel Rodrigues, do INIAV aqui←

O artigo foi publicado originalmente em Vida Rural.

Comente este artigo
Anterior 9.ª edição do Encontro de Formação da Ordem dos Médicos Veterinários (EFOMV) - 6 e 7 de abril - Lisboa
Próximo Europa será ‘anfitrião’ de torneio agrícola… virtual

Artigos relacionados

Sugeridas

Farmacêutica recebe ‘luz verde’ do Infarmed para cultivo de canábis em Vila de Rei

A farmacêutica internacional Cann10, que pretende instalar em Vila de Rei uma fábrica de produtos medicinais à base de canábis, recebeu um primeiro parecer favorável do Infarmed para cultivo, […]

Dossiers

Los corderos anotan repuntes gracias a la exportación

Las ventas en el mercado interior de corderos están muy flojas, con una oferta de animales baja para la época del año en la que nos encontramos, ya que la Navidad se acerca, con el aumento de la […]

Últimas

Incêndios: Vinte e sete concelhos do continente em risco muito elevado

Vinte e sete concelhos dos distritos de Faro, Portalegre, Santarém, Castelo Branco, Viseu, Bragança e Vila Real apresentam hoje risco muito elevado de incêndio, segundo o Instituto […]