AlgaEnergy desenvolve projecto de I+D+i com a Universidade de Cádiz

AlgaEnergy desenvolve projecto de I+D+i com a Universidade de Cádiz

Segundo a empresa, «as microalgas são uma alternativa sustentável e renovável para a produção de bio-compostos de alto valor acrescentado». Assim, este projecto de I+D+i (investigação + desenvolvimento + inovação) foca-se «na concentração de substâncias que despertaram recentemente interesse comercial devido às suas propriedades biológicas, em diferentes indústrias, como a agricultura, a alimentação, a cosmética e a farmacêutica».

A iniciativa vem juntar-se a outros projectos de I+D+i em que a AlgaEnergy participa e lidera a nível internacional, em conjunto com mais de 150 entidades – universidades, centros de investigação e empresas –, os quais representam um investimento global de «mais de 80 milhões de euros». A AlgaEnergy é uma empresa de base biotecnológica fundada em 2007 pela Iberdrola e pela Yokogawa.

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas, Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Confiança no Mundo Rural: consumir produtos portugueses - Pedro do Carmo
Próximo Cruz Vermelha alerta para ameaça de nova praga de gafanhotos em África

Artigos relacionados

Nacional

Especialistas defendem que avanços tecnológicos vão assegurar alimentação no futuro

Para marcar o arranque do ciclo de debates e conferências dedicados à Ciência e à Educação, a Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS) convidou três investigadoras da rede GPS (criada pela fundação que localiza, […]

Sugeridas

Promoção de produtos agrícolas 2020: está aberto o registo para o “infoday” que se realiza a 30 de janeiro

Em 19 de novembro de 2019, a Comissão Europeia adotou o Programa de Trabalho Anual 2020 para a promoção dos produtos agrícolas. […]

Nacional

Incêndios. Suspeito de atear fogo florestal em Abrantes preso preventivamente

Em comunicado, a Procuradoria da Comarca de Santarém afirma que a medida de coação – a mais gravosa – foi aplicada na tarde de terça-feira, […]