AJAP lança o I Concurso Nacional de Jovens Talentos Agro-rurais

AJAP lança o I Concurso Nacional de Jovens Talentos Agro-rurais

Escolas Profissionais Agrícolas de Portugal recebem Ciclo de Workshops informativos e um Concurso Nacional que vai premiar as melhores ideias de negócio

A aptidão da AJAP para encarar novos desafios é o reflexo da sua capacidade de inovação, de empreendedorismo e acompanhamento aos atores do mundo rural, apoiando assim a revitalização do tecido empresarial agrícola e rural, a modernização do setor e o reforço da imagem da agricultura e das atividades que direta e indiretamente lhe estão associadas.

Num plano de desenvolvimento dinâmico, direcionado para a promoção de conhecimento e empreendedorismo, a AJAP vai implementar durante os meses de maio e junho, duas atividades por Escola Profissional Agrícola e de Desenvolvimento Rural do país.

1ª – Cada Escola Profissional Agrícola e de Desenvolvimento Rural vai receber um Workshop/ Ação de Informação e Divulgação, ministrado por profissionais do setor, com abordagem às temáticas: Ser Jovem Agricultor (JA), Ser Jovem Empresário Rural (JER), Desafios da Agricultura e no Território, Noções de Empreendedorismo, Oportunidades e Financiamentos.

2ª – Em paralelo a AJAP lança o I Concurso Nacional de Jovens Talentos Agro-rurais, com o intuito de despertar o espírito empreendedor agrícola e de inovação, desafiando os formandos finalistas destas escolas a construir uma ideia original de negócio que se enquadre nas áreas: do Desenvolvimento Rural; da Produção, Transformação e Comercialização dos Produtos; Proteção do Meio Ambiente, Atividade Florestal e Prestação de Serviços Agrorurais; Turismo rural, Agroturismo e Enoturismo; Novas tecnologias e inovação.

O I Concurso Nacional de Jovens Talentos Agro-rurais é dedicado a todos os finalistas destas Escolas Profissionais Agrícolas, e vai selecionar e premiar seis projetos de caráter inovador, sendo atribuídos seis prémios que se destaquem pelas melhores pontuações obtidas. O período de candidaturas tem início dia 2 de maio e encerra no dia 3 de junho.

Estas instituições de ensino são importantes denominadores para a economia das regiões onde estão implementadas, bem como significantes potenciadores da atividade agrícola e rural.

Esta é mais uma ação conjunta entre a AJAP e a Caixa Central do Crédito Agrícola, associada às Caixas de Crédito Agrícolas Regionais, e desta vez com o fundamental apoio e coorganização da APEPA – Associação Portuguesa de Escolas Profissionais Agrícolas e tem como objetivo central desafiar e acautelar os jovens para o empreendedorismo agrícola e rural, expondo as potencialidades, as oportunidades bem como algumas sugestões para minimizar os riscos e adversidades.

Esta dupla iniciativa de carater nacional conta ainda com o apoio da Universidade Lusófona do Porto e do Instituto Piaget.

Estamos certos de que vai ser uma experiência para todas as partes envolvidas, para os jovens, mas também para todas as instituições integradas, que ao longo desta caminhada nacional de 17 Workshops (16 nas Escolas e um de encerramento e entrega de prémios final), vamos dar nota de tomadas de posição e decisões relevantes para o futuro.

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Comente este artigo
Anterior Governo dos Açores vai apoiar com verbas os produtores de carne e viticultores
Próximo Crédito Agrícola promove Fóruns de Modernização da Agricultura

Artigos relacionados

Últimas

Recolha de leite de vaca e fabrico de produtos lácteos registam queda em Abril

A recolha de leite de vaca em Abril de 2019 foi 166,0 mil toneladas, o que indica um decréscimo de 1,4% (-1,9% em Março), […]

Eventos

Webinar: Innovation Talk – O papel dos CoLABs no reequilíbrio das assimetrias territoriais – 22 de outubro

A Agência Nacional de Inovação (ANI) está a promover, para o próximo dia 22 de outubro, mais uma Innovation Talk, desta vez dedicada ao papel dos Laboratórios Colaborativos no reequilíbrio […]

Nacional

Grupo de Trabalho – Estenfiliose – Ponto da situação

IntroduçãoNos últimos anos, nomeadamente em 2015 e 2016, o fungo Stemphylium vesicarium (Wallr.) E.Simmons, responsável pela doença estenfiliose, provocou graves prejuízos na produção de pera ‘Rocha’ […]