Agricultores vão ter custos com eletricidade subsidiados até 20%

Agricultores vão ter custos com eletricidade subsidiados até 20%

O novo apoio entra em vigor em 2022 e tem como base o consumo na fatura de eletricidade, acrescido do valor da potência contratada. Contadores devem ser “dedicados em exclusivo ou maioritariamente à atividade agrícola”.

Os agricultores e produtores pecuários, as cooperativas agrícolas e as organizações de produtores representativas da agricultura familiar vão contar com um novo apoio aos custos com a eletricidade nas atividades de produção, armazenagem, conservação e comercialização de produtos agrícolas e pecuários.

→ Aceda aqui à legislação ←

Continue a ler este artigo no Jornal de Negócios.

Comente este artigo
Anterior Comissário junta-se às vozes optimistas sobre acordo na PAC este mês
Próximo “Estado não reconhece o nosso serviço público”

Artigos relacionados

Sugeridas

Em Tavira há um “banco” com mil árvores de fruto que vai abrir as portas ao público

A Direção Regional de Agricultura e Pescas (DRAP) do Algarve quer abrir ao público uma coleção de 1.000 variedades de fruteiras tradicionais algarvias, […]

Nacional

Petição europeia quer medidas para salvar abelhas e agricultores

Uma petição lançada por mais de cem associações europeias e que já foi assinada por mais de 270 mil europeus pede à Comissão Europeia medidas […]

Últimas

INIAV debate desafios das alterações climáticas para o sector agroflorestal

O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, preside amanhã, 11 de Setembro, ao Seminário “Alterações Climáticas: que Desafios para o Sector Agroflorestal Nacional?”. […]