Agricultores querem apoio aos custos da eletricidade garantido em janeiro

Agricultores querem apoio aos custos da eletricidade garantido em janeiro

A Confederação Nacional da Agricultura (CNA) saudou hoje a medida de apoio aos custos com a eletricidade nas explorações, mas pediu a sua “efetiva aplicação” a partir do início de 2022.

“A CNA saúda a aprovação pela Assembleia da República de uma medida de apoio aos custos com a eletricidade nas explorações agrícolas e pecuárias e insta o Ministério da Agricultura para que trabalhe no sentido de, no início do próximo ano, tudo estar preparado para a sua efetiva aplicação”, sublinhou, em comunicado, a confederação.

O apoio aos custos com a eletricidade nas explorações agrícolas e pecuárias, que corresponde a 10% e 20% do valor das faturas, entra em vigor em 01 de janeiro de 2022, segundo o diploma publicado esta terça-feira.

Em causa está a aprovação pela Assembleia da República, em 14 de maio, de um projeto de lei do PCP que cria apoios aos custos com a eletricidade no setor agrícola e agropecuário, com votos contra do PS, PAN e Iniciativa Liberal.

Para a CNA, o executivo deve ainda inscrever no Orçamento do Estado para 2022 as verbas para a “real aplicação da medida, para não repetir o desrespeito pela Assembleia da República ocorrido em 2020 na operacionalização de uma medida semelhante à agora aprovada”.

Esta lei define que o montante do apoio a conceder corresponde a “20% do valor da fatura para as explorações agrícolas até 50 hectares, ou explorações pecuárias com até 80 cabeças normais”, ou a “10% do valor da fatura para as explorações agrícolas com área superior a 50 hectares, explorações pecuárias com mais de 80 cabeças normais, cooperativas e organizações de produtores”.

O valor do apoio é determinado com base na fatura de eletricidade, acrescido do valor da potência contratada, mediante prova de que os contadores são dedicados em exclusivo ou maioritariamente à atividade agrícola.

Os agricultores e produtores pecuários, as cooperativas agrícolas e as organizações de produtores representativas da agricultura familiar interessados devem submeter a sua candidatura ao apoio junto do junto do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP).

Comente este artigo
Anterior Abertas Candidaturas para Academia 2021: Centro de Frutologia Compal irá atribuir 100.000€ em bolsas de apoio à instalação agrícola
Próximo Portugal retoma exportações de animais vivos para Israel - DGAV

Artigos relacionados

Últimas

Câmara de Valpaços pede mais fiscalização à GNR para evitar furto de castanha

A Câmara de Valpaços pediu hoje à GNR um reforço da fiscalização para prevenir furtos de castanhas durante a época da apanha, que têm preocupado os produtores do concelho. […]

Últimas

Europa se da prisa para cerrar un acuerdo de transición de la PAC y cuánto debe durar para que no se pierdan las ayudas

Europa ha aprobado un mandato de negociación parcial para discutir con los eurodiputados el período de transición de la PAC que permitirá que […]

Comunicados

Farm Europe welcomes the adoption of a European framework to combat UTPs in the food supply chain

Posted on 12/03/201912/03/2019

By a very large majority the European Parliament has adopted the Unfair Trading Practices Directive within the agri-food supply chain. […]