Agricultores lesados pelos javalis manifestam-se em Lisboa para exigir indemnizações e apoio do Governo

Agricultores lesados pelos javalis manifestam-se em Lisboa para exigir indemnizações e apoio do Governo

Populações de javalis têm causado prejuízos a agricultores da zona central do país. Delegações de agricultores dizem que “a situação está descontrolada” e exigem ao Governo indemnizações.

Delegações de agricultores da região centro concentram-se na quarta-feira, em frente ao Ministério da Agricultura, em Lisboa, para exigir ao Governo indemnizações pelos prejuízos causados pelas “populações descontroladas” de javalis e outros animais selvagens.

“A situação está descontrolada. Os javalis estão a provocar prejuízos à agricultura familiar e, em muitos casos, a levar os agricultores a desistirem [da produção]”, garantiu João Dinis, dirigente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), em declarações à Lusa.

Apesar de reconhecer que os animais precisam de alimento, o dirigente notou que cabe ao Governo “indemnizar os agricultores”, acrescentando que estas populações são ainda responsáveis por “graves acidentes rodoviários”.

João Dinis sublinhou que estas preocupações já foram apresentadas ao ministério tutelado por Capoulas Santos, porém, lamentou que, inicialmente, tenham sido recebidas com um tom “critico e quase trocista”.

Para a CNA, o Ministério da Agricultura e o Governo “não podem lavar as mãos” deste problema “como Pilatos” e têm que entender “que os agricultores não são obrigados a alimentar os javalis e outros animais selvagens”. De acordo com a confederação da agricultura são esperadas cerca de 200 pessoas no protesto.

Já em abril, o Governo determinou a elaboração de um estudo, pelo Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), sobre a população de javalis em Portugal.

Este estudo destina-se a determinar a dimensão e impacto de “um alegado aumento” da população de javalis e os prejuízos decorrentes. Adicionalmente, caso se justifique, o ICNF vai elaborar um plano de medidas para controlar a população de javalis.

Continue a ler este artigo no Observador.

Comente este artigo
Anterior Pirómanos de fósforo na mão
Próximo Incêndios: Testes concluem que golas antifumo não se inflamam quando expostas ao fogo

Artigos relacionados

Dossiers

Eucalipto ganha terreno ao pinheiro-bravo e ao sobreiro

O eucaliptal já ocupa mais de um quarto da floresta nacional. Pinheiro-bravo perdeu 10,5% da área em dez anos. São dados do Inventário Florestal Nacional de 2015, […]

Dossiers

UE: Regime de ajuda à armazenagem privada abrangeu 213.500 toneladas de azeite

A Comissão Europeia informa que o regime de ajuda à armazenagem privada de azeite adoptado em Novembro de 2019 foi concluído hoje, […]

Notícias florestas

Florestas vão receber “centenas de milhões de euros” do Fundo de Recuperação Económica

O Programa de Transformação da Paisagem, os Condomínios de Aldeia, os territórios vulneráveis, a força de bombeiros especial do ICNF e, “eventualmente, até, os meios aéreos” de combate aos […]