Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais visita proprietários florestais de Oleiros

Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais visita proprietários florestais de Oleiros

Técnicos do Município de Oleiros, técnicos da AGIF — Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais e proprietários florestais do concelho de Oleiros, no passado sábado, 11 de Janeiro, deslocaram-se à Serra de São Mamede, onde já foram realizadas acções de fogo controlado, no sentido de perceber os seus benefícios.

Esta visita decorreu no seguimento das duas acções de sensibilização dinamizadas pelo Município e pela AGIF, e consequente interesse demonstrado por este grupo de proprietários florestais em realizar acções deste tipo nas suas propriedades. As acções de fogo controlado têm como objectivo a gestão de combustíveis na prevenção de incêndios florestais.

Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais

A missão da AGIF é fazer o planeamento, coordenação estratégica e avaliação do Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais (SGIFR).

A Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais está no território actualmente com 12 núcleos sub-regionais, abrangendo todo o território nacional e contribuindo com uma análise de proximidade, antecipação e planeamento de eventos complexos.

Em 2019, a AGIF aumentou o investimento em prevenção, garantindo igualmente um acréscimo de investimento em combate.

Em resumo, entre 2017 e 2019 a despesa pública foi de 121 milhões de euros no SGIFR:

  • 135 M€ em prevenção, ou seja, mais 400%.
  • 77M€ em combate, ou seja, mais 66%.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Anterior 2020 sem Feira Agrícola de Lamego
Próximo É p’ra Amanhã: pequenas histórias sustentáveis podem ser como “pingo de fermento que alastra”

Artigos relacionados

Últimas

Associação lamenta que praga da vespa asiática só seja considerada “problema nacional porque chegou a Lisboa”

“Neste momento percebemos que o problema já é de Portugal. Pode ser que, dentro em breve, se possa juntar uns parceiros e fazer alguma coisa com princípio, […]

Sugeridas

El lechón se paga casi un 69% más caro que hace un año

Nueva subida en lechón y ya son dos las semanas consecutivas con aumentos en los precios, situándose un 68,89% más alto que en la misma semana de 2018. […]

Últimas

Portugueses criam armadilha para destruir ninhos de vespa-asiática

Um grupo de cientistas do Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), em Braga, criou uma armadilha para destruir os ninhos de vespa-asiática – […]