ACOS congratula-se com classificação do Campo Branco a Reserva da Biosfera e alerta para as alterações climáticas como ameaça a este ecossistema

ACOS congratula-se com classificação do Campo Branco a Reserva da Biosfera e alerta para as alterações climáticas como ameaça a este ecossistema

A ACOS – Associação de Agricultores do Sul congratula-se com a classificação do concelho de Castro Verde como Reserva da Biosfera da UNESCO e felicita os subscritores da candidatura, a Associação de Agricultores do Campo Branco, o Município de Castro Verde e a Liga para a Proteção da Natureza.

Por considerar bastante relevante o trabalho realizado, a ACOS – Associação de Agricultores do Sul, manifestou, desde o início, o seu apoio a esta candidatura. Salienta a importância do trabalho em parceria que tem vindo a ser realizado no sentido de gerar desenvolvimento, com preservação da biodiversidade, compatibilizando a atividade agrícola com a conservação da natureza.

O Campo Branco é uma extensa zona de sequeiro com uma importante atividade pecuária – designadamente bovinos, ovinos e suínos – cereais e montado, onde as adversidades têm vindo a ser transformadas em desafios, por via de um trabalho conjunto entre as diferentes instituições e a comunidade de agricultores local.

O reconhecimento e visibilidade internacional dos valores naturais e dos produtos locais, potenciados pela classificação da UNESCO com a recém distinguida Estepe Cerealífera de Castro Verde, fazem aumentar a necessidade de tomada de medidas a curto, médio e longo prazo para mitigar os efeitos das alterações climáticas já sentidas na região.

Comente este artigo
Anterior Plano de Desenvolvimento do Setor Agroalimentar do Baixo Tâmega – Food Cluster Revolution
Próximo Opinião: PDM e segurança

Artigos relacionados

Sugeridas

Continente compra 12 milhões de toneladas de produtos nacionais

 
Na semana em que se assinala o Dia da Produção Nacional, celebrado a 26 de abril, o Continente revela que, […]

Nacional

Limpar as florestas nacionais vai dar benefícios fiscais

As despesas com operações de limpeza, reflorestação ou gestão das florestas vão ser majoradas em 40% para efeitos de Imposto Sobre o Rendimento das Pessoas Coletivas (IRC) e de Imposto sobre o Rendimento de Pessoas Singulares (IRS) com contabilidade organizada. […]

Comunicados

Alteração aos Anúncios n.º 08 e 09 da Operação 8.1.4

Foram publicados dois aditamentos aos Anúncios 08/8.1.4/2018   e 09/8.1.4/2018  , relativos à alteração do Anexo I – […]