A par da tradicional robustez e confiabilidade, Valtra entra em força nos segmentos profissionais

A par da tradicional robustez e confiabilidade, Valtra entra em força nos segmentos profissionais

[Fonte: Voz do Campo]

A Valtractor é a filial da Valtra em Portugal, uma marca do Grupo AGCO que detém também a Massey Ferguson, a Fendt e a Challanger. Estabelecida em Portugal há cerca de três décadas dedica-se exclusivamente à comercialização de tratores Valtra através da sua rede de concessionários.

A maior de revolução de produto dos últimos 25 anos da Valtra iniciou-se em 2014 com o lançamento da totalmente renovada Série T4 e continuou em 2015 com o lançamento da nova Série N4 e já em 2017 com a apresentação mundial da nova Série A4. A par destas ocorreu também uma importante atualização da Série S, “o trator de bandeira da marca que alcança os 405 hp”, relata-nos João Pimenta, responsável pela Valtra em Portugal.

Valtra Smartour 2019 promoveu experiências de condução com tratores de última geração
Numa linha contínua de atualização, e para apresentar as novidades da Valtra para 2019, aconteceu recentemente a Valtra Smartour 2019, integrada no Tour Europeu da Valtra. Realizada em Coruche também proporcionou aos participantes experiências de condução com tratores de última geração equipados com essas inovações que, essencialmente, são os modelos da Série A4 com transmissão powershift, os modelos N4 com a nova suspensão dianteira totalmente pneumática e os novos motores Tier 5. Mas também as últimas funcionalidades para a agricultura de precisão nomeadamente o Variable Rate (aplicação de taxa variável), section control (controlo de secções), Task Doc Pro (sistema de documentação), o Valtra Care (Contrato de extensão de garantia), o Valtra Connect (serviço de telemetria e gestão de frotas), tudo integrado no premiado sistema operativo Smart Touch.
O evento contou com a presença de mais de 300 agricultores profissionais que tiveram oportunidade de subir aos tratores demonstradores e experimentar ao vivo cada umas das seis máquinas disponibilizadas para o evento, observar e escutar as explicações dos técnicos finlandeses que se deslocaram ao nosso país. Puderam ainda visitar o stand interactivo instalado no camião Smart Tour, presente pela primeira vez e que “elevou o nível de qualidade do evento”, organizado pela Valtractor com o apoio logístico do seu concessionário da zona de Coruche (Agrogaspares).
Na opinião de João Pimenta, as valias para o agricultor na utilização destes equipamentos e funcionalidades são diversas, começando nos novos modelos A4 com transmissão powershift, “segmento em franco crescimento em Portugal”. Avança ainda que todas as funcionalidades tecnológicas mencionadas concorrem para uma racionalização e economia de recursos (menos combustível, menos agro-químicos, menos tempo de execução de tarefas, menos tempo de paragem de máquinas) maior aproveitamento da área disponível e melhor gestão de frota, ou seja, aumento do retorno do investimento.

Funcionalidades tecnológicas concorrem para uma racionalização e economia de recursos
Estas melhorias permitiram à Valtra oferecer um produto mais económico num segmento muito importante no nosso mercado que vai dos 81 aos 120 hp de potência e oferecer o que de melhor se faz na indústria em soluções tecnológicas para a agricultura de precisão, “dois objetivos estratégicos há muito desejados. A par da tradicional robustez e confiabilidade, a Valtra torna-se agora um competidor líder nos segmentos profissionais mais exigentes em tecnologia e conectividade”.

Para ler na íntegra na Voz do Campo n.º 226 (maio 2019)

Comente este artigo

O artigo A par da tradicional robustez e confiabilidade, Valtra entra em força nos segmentos profissionais foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Anterior Feira Nacional de Agricultura
Próximo PDR 2020. Há 20 M€ contra pragas do pinheiro, sobreiro, azinheira, castanheiro e eucalipto

Artigos relacionados

Comunicados

Medidas de apoio excecionais e temporárias – 6.ª Vaga (2.ª Tranche)

Informa-se que se encontram abertas, a partir de 11 de setembro de 2017, as retiradas de mercado para distribuição gratuita no âmbito das “Medidas de Apoio Excecionais e Temporárias – 6.ª vaga”, para 80,77 toneladas de “Maçã e Pera” e 500 toneladas de “2.ª Tranche – […]

Últimas

DS Smith participa na Alimentaria & Horexpo Lisboa 2019

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]

A DS Smith, empresa especializada no sector da embalagem, vai participar como expositora na Alimentaria & Horexpo Lisboa 2019, que decorre de 24 a 26 de Março, em Lisboa. A organização do certame, dirigido para os sectores da alimentação, […]

Nacional

CDS-PP quer tornar a Madeira um destino verde

[Fonte: O Jornal Económico]
A sustentabilidade ambiental e climática da ilha será uma das preocupações à qual o CDS-PP quer dar relvo na campanha para as eleições regionais. Os centristas acreditam que os temas ligados à economia verde irão assumir cada vez maior relevo em áreas como o emprego. […]