36ª Ovibeja na rota da promoção dos patrimónios natural e cultural do Alentejo

36ª Ovibeja na rota da promoção dos patrimónios natural e cultural do Alentejo

A decorrer de 24 a 28 de abril, a 36ª Ovibeja já tem inscritos muitos expositores das mais diversas áreas e está a receber muitas manifestações de interesse por parte de novas empresas. O Secretariado da Feira já está a funcionar em pleno, no Parque de Feiras e Exposições de Beja Manuel de Castro e Brito.

Também o 9º Concurso Internacional de Azeites Virgem Extra – Prémio CA Ovibeja (com o patrocínio exclusivo do Crédito Agrícola), está a suscitar muitos contactos de interesse por parte de produtores individuais, sociedades olivícolas, cooperativas de diversos países, estando já a receber amostras. Recorda-se que o Concurso está classificado como um dos melhores do mundo, sendo uma referência no que diz respeito ao rigor das normas de classificação. Entre outras, destaca-se a autenticação das amostras por uma entidade idónea independente, o uso de recipiente de vidro escuro, sem rótulo e com sistema de abertura inviolável, o uso de um código de identificação anónimo, sendo os azeites ainda acompanhados de uma análise química e de uma análise organoléptica emitida por um painel de provadores reconhecido pelo Conselho Oleícola Internacional (COI).

Um dos temas principais da edição deste ano da Ovibeja é a problemática das alterações climáticas e o papel dos agricultores na sua mitigação e reversão. A Comissão Organizadora da 36ª Ovibeja está a preparar um conjunto alargado de iniciativas sobre a temática, que integram o debate e a reflexão, a visita e verificação in loco de zonas de elevado potencial de biodiversidade, um património natural que se cruza com o património cultural da região. A anteceder a Ovibeja vão ser realizadas ações, no início de abril, que envolvem convidados de vários países, de entre eles, os membros do júri do Concurso Internacional de Azeites e ainda os músicos convidados para o concerto do Festival Terras Sem Sombra a realizar em Beja. Esta iniciativa resulta de um acordo de colaboração entre a ACOS e a Pedra Angular, a entidade organizadora do Terras Sem Sombra, num modelo de cooperação e envolvimento que está a ser preparado com muitas outras entidades para enriquecimento da 36ª Ovibeja e dos temas a abordar. Além da problemática das alterações climáticas um dos temas fortes da Ovibeja é ainda a Internacionalização.

A Ovibeja é exemplo de inovação e do envolvimento de todos os seus participantes com vista a trabalhar e a inscrever na ordem do dia assuntos de interesse para a região e para o País. Além dos intervenientes locais, regionais e nacionais, a Comissão Organizadora da Ovibeja está a convidar especialistas de diferentes nacionalidades, formações e responsabilidades, de modo a tratar da forma mais abrangente possível os grandes temas da atualidade. Exemplo do trabalho que está a ser realizado e do intercâmbio de conhecimentos, é a participação de delegações da ACOS – a entidade organizadora da Ovibeja – em feiras e reuniões em diferentes cidades espanholas e, mais recentemente, também dos Estados Unidos da América. Na rota da promoção da Ovibeja está a divulgação dos patrimónios natural e cultural e a importância de preservar e usufruir do seu valor acrescentado.

Comente este artigo
Anterior AgriEmpreende promove terceiro ciclo de workshops para capacitação de empreendedores
Próximo Crédito Agrícola participa na Fruit Logistica 2019

Artigos relacionados

Comunicados

Crédito Agrícola volta a estar presente na Feira Nacional de Agricultura

[Fonte: Crédito Agrícola] O Grupo Crédito Agrícola está ao lado de quem produz o melhor de Portugal.
A instituição patrocina, […]

Últimas

Portugal livre do serótipo 1 da Língua Azul ( BTV1)

O serotipo 1 do vírus da língua azul circulou no território nacional continental desde 2007 e uma vez decorridos mais de dois anos desde a última evidência de circulação viral, a DGAV apresentou a […]

Últimas

APED e ALIP voltam a promover benefícios do consumo do leite nacional

A campanha de sensibilização para o consumo de leite e produtos lácteos nacionais, promovida pela APED – Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição, […]