2020 é o ano internacional da sanidade florestal

2020 é o ano internacional da sanidade florestal

A ONU proclamou 2020 como Ano Internacional da Fitossanidade. O Centro PINUS irá associar-se a esta campanha global de sensibilização para a importância da sanidade, focando a sua influência na Fileira do Pinho.

A exportação de casca de pinheiro é uma atividade económica relevante sujeita ao cumprimento de rigorosos requisitos de tratamento para evitar a propagação do nemátodo da madeira do pinheiro.

A revisão da Norma “Casca e estilha de madeira de Resinosas. Tratamento fitossanitário pelo calor para eliminação do nemátode da madeira do pinheiro (Bursaphelenchus xylophilus) e outro organismos prejudiciais” encontra-se em inquérito público até 14 de Janeiro.

Para consultar a Norma e participar no inquérito público clique aqui.
Esta revisão foi necessária para adequar a Norma em vigor aos requisitos estabelecidos pela DGAV.

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Comente este artigo
Anterior Infoagri disponibiliza Guia de Apoio ao Enquadramento Legal e Fiscal da pequena produção Agrícola
Próximo Depressão Elsa: Prejuízos no concelho de Abrantes ultrapassam um milhão de euros

Artigos relacionados

Nacional

Investigadora portuguesa torna-se embaixadora do combate às alterações climáticas

A investigadora Raquel Gaião disse que vai dar o seu melhor como embaixadora da juventude para o combate às alterações climáticas, […]

Últimas

Carne Angus Pingo Doce é a primeira em Portugal certificada em bem estar animal e produção livre de antibióticos

A carne nacional Angus Pingo Doce é a primeira em Portugal a receber a certificação em Bem- Estar animal segundo o protocolo Welfair TM com o selo AENOR. […]

Últimas

Marcelo diz que organização e gestão da floresta é o grande desafio

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, apontou nesta quarta-feira a organização e a gestão da floresta como “o grande desafio dos próximos anos”, […]