16 albufeiras com mais de 80% de água no final de julho

16 albufeiras com mais de 80% de água no final de julho

Dezasseis das 60 albufeiras monitorizadas tinham, no final de julho, disponibilidades hídricas superiores a 80% do volume total e cinco apresentavam disponibilidades inferiores a 40%, segundo dados do Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos (SNIRH).

Segundo o SNIRH, no último dia do mês de julho, comparativamente com o mês anterior, verificou-se uma descida no volume armazenado em todas as bacias hidrográficas monitorizadas.

As bacias do Barlavento (24,4%), Mira (46,4%) e Lima (48%) apresentavam no final de julho a menor disponibilidade de água.

Segundo dados do SNIRH, as bacias do Mondego (82,7%), Guadiana (78,1%), Douro (76,3%), Tejo (75%), e Cávado e Oeste (ambas com 73%) tinham os níveis mais altos de armazenamento no final de julho.

A informação disponibilizada refere ainda que os armazenamentos de julho de 2021 por bacia hidrográfica eram superiores às médias de armazenamento de julho dos últimos 20 anos (1990/91 a 2019/20), excepto para as bacias do Lima, Mira e Ribeiras do Algarve.

A cada bacia hidrográfica pode corresponder mais do que uma albufeira.

Comente este artigo
Anterior EDIA disponibiliza terrenos para arrendamento
Próximo Rede de postos de vigia na capacidade máxima

Artigos relacionados

Últimas

Agricultores revoltados pedem explicações à EDIA

O atraso na construção do Bloco de Rega de Vidigueira e Cuba levou a que diversos Agricultores se juntassem para […]

Nacional

DGAV alerta para vírus do fruto rugoso castanho do tomateiro e pimenteiro

A União Europeia estabeleceu medidas de emergência para o Tomato Brown Rugose Fruit Virus (ToBRFV), vírus do fruto rugoso castanho do tomateiro. […]

Últimas

Incêndios. 2020 é o ano com mais incendiários privados de liberdade

Números mostram que 62% dos presumíveis incendiários ficaram na cadeia ou em prisão preventiva. A Polícia Judiciária quer usar as imagens recolhidas por drones como prova de fogo […]