​Governo reforça meios aéreos para época de combate aos incêndios

​Governo reforça meios aéreos para época de combate aos incêndios

[Fonte: Rádio Renascença]

O secretário de Estado da Proteção Civil anunciou a contratação de mais cinco meios aéreos para o dispositivo de combate a incêndios florestais.

Na Renascença, José Artur Neves revelou que no total estarão disponíveis “61 meios aéreos, incluindo o meio aéreo da Região Autónoma da Madeira”.

O governante anunciou ainda que vai ser feita uma “alteração estrutural de alguns helicópteros” de modo a aumentar a capacidade de transporte dos aparelhos. Pretende-se que os helicópteros passem a levar 12 elementos do Grupo de Intervenção Proteção e Socorro (GIPS) da GNR para fazer o ataque inicial ao fogo (atualmente são oito).

Também vai finalmente avançar a empresa pública de gestão florestal. o anúncio será feito nos próximos dias e terá sede em Figueiró dos Vinhos.

O secretário de Estado diz que se trata de mais um passo na reforma da floresta “encaminha-nos para uma reforma floresta ordenada e resiliente ao fogo”.

O Governo está também a preparar um novo plano contra incêndios. A revelação foi feita pelo presidente para a Agência para a Gestão Integrada dos Fogos Rurais.

Comente este artigo

O artigo ​Governo reforça meios aéreos para época de combate aos incêndios foi publicado originalmente em Rádio Renascença.

Anterior Projecto de integração social através da viticultura
Próximo AlgaEnergy abre filiais nos EUA e na Índia

Artigos relacionados

Últimas

SPA para cabras é o fator de sucesso de queijaria de Melgaço

Na Queijaria Prados de Melgaço, as 400 cabras que contribuem com leite para a confeção dos queijos estão num verdadeiro spa. Ouvem música relaxante e têm ainda uma escova de massagens. Fatores que segundo os produtores influenciam a qualidade e a quantidade de leite.

Comente este artigo
#wpdevar_comment_4 span,#wpdevar_comment_4 iframe{width:100% !important;} […]

Nacional

Produtores de Almeirim queixam-se de “caça à multa” no transporte de tomate, GNR nega

[Fonte: SAPO 24]

Gonçalo Escudeiro, vice-presidente da Federação Nacional de Organizações de Produtores (FNOP), disse à Lusa que, perante os relatos de vários produtores sobre o transporte dos campos para as fábricas, não pode esconder a sua preocupação.
O representante sublinhou que não pede exceção na passagem de multa em casos de excesso de peso ou escorrência de molho nas estradas, […]

Nacional

Madeira investe 1,6 milhões para requalificar postos e torres da Polícia Florestal

“É uma obra que vai demorar seis meses e com um custo de 1,6 milhões de euros”, anunciou a secretária regional do Ambiente e Recursos Naturais, Susana Prada, durante uma visita a uma destas casas, situada no Poiso, nas serras altas do concelho de Santa Cruz. […]