Xylella já está presente em trinta municípios espanhóis e afeta três novas espécies

Xylella já está presente em trinta municípios espanhóis e afeta três novas espécies

Segundo adianta a publicação Phytoma, os resultados das pesquisas realizadas desde a última atualização da presença de Xylella em Espanha na Comunidade Valenciana, confirmam 181 novos positivos em trinta municípios, todos, exceto Finestrat, já incluídos na área demarcada, que é expandida em 3% e já cobre 138.680 ha.

Dos 181 novos positivos, 142 correspondem a amendoeiras; 17, para Calicotome spinosa; seis, para Rhamnus alaternus; quatro, para Helichrysum italicum; três, para Polygala myrtifolia; dois, para Rosmarinus officinalis; e um, para Phagnalon saxatile.

Além disso, foram identificadas três novas espécies hospedeiras na Comunidade: Lavandula latifolia (positiva em Facheca), Lavandula dentata (positiva em Xalò) e Helichrysum stoechas (três positivas em Tárbena). Todas as plantas infectadas estavam nas proximidades das parcelas de amêndoa afetadas.

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Comente este artigo
Anterior Portugal “consome mais água do que deve”, alerta a WWF
Próximo Fungicidas com imazalil proibidos na pós-colheita em maçã, pêra e banana

Artigos relacionados

Nacional

“Agricultura não pode parar”. Agricultores do Sul apontam ciência como resposta

A atual pandemia está a criar “ondas de choque com reflexos negativos no setor”, diz a Associação de Agricultores do Sul. Sem baixar os braços, a […]

Nacional

Arcebispo de Évora receia “dimensão catastrófica do interior”

O arcebispo de Évora pediu esta quarta-feira um “tratamento específico positivo” para o interior que não quer ser “considerado como um peso, […]

Nacional

Incêndios: Militares em ações de prevenção até terça-feira devido ao risco elevado

Cerca de 150 militares da Marinha e do Exército realizam até terça-feira ações de vigilância e patrulhamento em 10 distritos com o objetivo de minimizar o risco de incêndio florestal, indicou […]