Webinar: Valorização de bagaço de Azeitona: Um problema resolvido, mas não otimizado – 8 de julho

Webinar: Valorização de bagaço de Azeitona: Um problema resolvido, mas não otimizado – 8 de julho

O Conselho Regional Sul do Colégio de Engenharia Química e Biológica promove, no dia 8 de julho, às 17h00, o Webinar “Valorização de bagaço de Azeitona: Um problema resolvido, mas não otimizado”. João Diogo, Diretor Fabril da Casa Alta – Soc. Transformadora de Bagaços, Lda., irá apresentar a unidade de valorização de bagaço de azeitona.

Na última década do século passado, os lagares foram obrigados a desenvolver uma mudança de paradigma, o que levou a uma transição ambiental crucial para a sustentabilidade ambiental e económica de toda a fileira do azeite.

Essa transição ambiental ocorreu com a conversão dos lagares, de prensas e de três fases para duas fases. Os lagares passaram assim a produzir azeite e caroço de azeitona de forma ambientalmente sustentável, sendo a água ruça e bagaço de azeitona (numa só fase), encaminhados para unidades de valorização de bagaço de azeitona. Estas unidades surgem assim como pilar que sustenta a última etapa da produção do azeite, valorizando um subproduto que era antes um problema ambiental grave, e são exemplo de economia circular, sustentabilidade ambiental e eficiência energética.

A Casa Alta – Soc. Transformadora de Bagaços, Lda. tem como principal atividade a valorização de bagaço de azeitona de lagares do Alentejo. Na unidade de valorização de bagaço de azeitona da Casa Alta o bagaço húmido que chega dos lagares de azeite é seco, granulado e extratado, sendo convertido em óleo de bagaço de azeitona, biomassa e caroço de azeitona. A biomassa produzida torna totalmente sustentáveis (económica e ambientalmente) os processos térmicos da fábrica, sendo usada no processo de secagem e na produção de vapor para as unidades de extração e granulação. Esta unidade torna sustentável mais de um terço do olival do Alentejo.

João Diogo, diretor fabril da Casa Alta, irá apresentar esta unidade, como exemplo da economia circular, sustentabilidade ambiental e eficiência energética.

→ Inscrição ←

João Diogo
Nasceu na Covilhã, em 1983;
Licenciado em Engenharia Química (2007) e Mestre em Química Industrial (2008) pela Universidade da Beira Interior, Doutorado em Engenharia Química (2014) pelo Instituto Superior Técnico;
É coautor de 18 artigos científicos publicados em revistas internacionais com arbitragem científica, na área da eletroquímica, tratamento de efluentes, termodinâmica e propriedades termofísicas;
Após o doutoramento, ingressou na Casa Alta, uma unidade de valorização de bagaço de azeitona localizada no Alentejo;
Na Casa Alta acompanhou e supervisionou a montagem de uma unidade de extração continua de óleo de bagaço de azeitona por solvente (sendo o hexano usado como solvente), uma unidade de granulação, o revamping da secagem, uma nova linha de secagem e uma unidade de desidratação de bagaço de azeitona;
É atualmente diretor fabril da Casa Alta desde 2015;
É também gerente da Zeyton Nutraceuticals desde 2018, uma empresa que produz extratos de um poderoso antioxidante que está na base da dieta mediterrânica, o hidroxitirosol, que se encontra presente no bagaço de azeitona.

Comente este artigo
Anterior Seminário: Pagamentos agroambientais baseados em resultados - uma nova visão em termos de política agrícola para Portugal? - 5 de julho - Faro
Próximo Prognosfruit 2021 a 5 de Agosto em formato digital

Artigos relacionados

Últimas

Agricultores pedem regresso da caça ao javali para salvar culturas

Os agricultores lançam o alerta contra a praga de javalis que aumentou em Portugal por causa do isolamento social, estando a provocar destruição nas […]

Estudos

Study on the implementation of conformity checks in the olive oil sector throughout the European Union

Olive oil is considered as a food category at high risk of non-compliances and frauds, due to its high economic value compared to other food […]

Comunicados

Webinar luso-espanhol sobre “A Pecuária Extensiva face aos novos desafios da PAC” com lotação esgotada

O webinar luso-espanhol que amanhã, dia 5, vai ocorrer a partir das 15h00, através da plataforma Zoom, sobre “A Pecuária Extensiva face aos novos desafios da PAC” atingiu o limite máximo de 500 […]