Webinar: Biodiversidade do Montado de Sobro – como monitorizar e manter – 29 de maio

Webinar: Biodiversidade do Montado de Sobro – como monitorizar e manter – 29 de maio

O Município de Coruche, entidade líder da EEC PROVERE “Montado de Sobro e Cortiça”, promove amanhã, dia 29, pelas 17h00, em direto via Zoom e na página de Facebook do Montado de Sobro e Cortiça e as demais plataformas digitais do Município de Coruche, o webinar “Biodiversidade do Montado de Sobro – como monitorizar e manter”.

O objetivo deste webinar será de de fomentar sinergias entre os vários agentes públicos e privados, dando especial atenção aos desafios que se perspetivam, contando com as intervenções de Joana Faria da FSC Portugal – Associação para uma Gestão Florestal Responsável, Alice Nunes do Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, e Nuno Gaspar de Oliveira da NBI – Natural Business Intelligence, e moderadas por Carlos Godinho do MED – Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento.

Inscreva-se antecipadamente para este webinar:
https://zoom.us/webinar/register/WN_8kFGOmyrT_KfCIHcvBWCKw
Após a inscrição, você receberá um e-mail de confirmação contendo informações sobre como entrar no webinar.”

→ Mais informação ←

Comente este artigo
Anterior FICOR 2020 será realizada “online” - 28 a 31 de maio
Próximo Webinar CAP: PDR2020 - Alterações recentes - 2 de junho

Artigos relacionados

Revistas

Suplemento Agrovida de Janeiro Vida Económica – Editorial Teresa Silveira + Suplemento Agrovida

Portugal viveu um 2017 “estranho e contraditório”. É o Presidente da República quem o diz e obriga-nos a recapitular as “reconfortantes alegrias” que vivemos, […]

Últimas

Cadastro Simplificado vai ser alargado a todo o território nacional

O diploma que prevê a extensão do projecto do Cadastro Simplificado foi aprovado no Parlamento com um texto apresentado pela comissão de Ambiente, […]

Notícias meteorologia

Previsão semanal 12 – 18 Janeiro

A previsão semanal para 12 – 18 de Janeiro aponta  para o predomínio da influencia de um fluxo de oeste,  com a aproximação gradual de perturbações e ar mais húmido. […]