Vitacress tem nova directora de recursos humanos

Vitacress tem nova directora de recursos humanos

Patrícia Baptista foi contratada pela Vitacress para o cargo de directora de Recursos Humanos, no âmbito da orientação da empresa de «atrair e reter talento, promovendo um maior equilíbrio entre a vida profissional, pessoal e familiar dos colaboradores». Em comunicado, a empresa do Grupo RAR explica que «esta contratação tem como principais objectivos a implementação de uma estratégia para promover a atractividade e a retenção de talentos na zona geográfica de actuação da empresa: o Sudoeste Alentejano».

Segundo a Vitacress, Patrícia Baptista possui 20 anos de experiência e que «tem desenvolvido a sua carreira ao nível da dimensão mais estratégica dos recursos humanos, em vários sectores de actividade – como construção, hotelaria, retalho ou indústria naval –, tendo passado por empresas, nacionais e internacionais, de diferentes dimensões e culturas organizacionais». A nova directora de recursos humanos da empresa possui um Mestrado Executivo em Gestão Empresarial, pelo Indeg-Iscte – Instituto Universitário de Lisboa, e o Leading HR Into The Future, pela Católica Lisbon School of Business & Economics, tendo também já exercido «funções como consultora numa das “Big Four”, o que lhe permitiu adquirir uma visão holística do negócio, das organizações e das práticas de gestão de pessoas».

A Vitacress salienta que «tem vindo a apostar na melhoria contínua das condições e benefícios que oferece aos seus colaboradores» e que, em Fevereiro, «foi umas das 52 organizações a assinar o “Pacto para a Conciliação”, com o intuito de integrar um projecto piloto, promovido pelo Governo, que visa a promoção de um maior equilíbrio entre a vida profissional, pessoal e familiar dos trabalhadores e melhorar o índice de bem-estar, no indicador “Balanço vida-trabalho” (Instituto Nacional de Estatística), que tem vindo a decrescer desde 2011». Assim, Patrícia Baptista «será responsável pela implementação do plano estratégico da Vitacress, no âmbito deste projecto».

Notícias relacionadas

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Anterior AGROGARANTE. Conversas de Agricultura em Braga
Próximo PS/Açores discute com setores da hotelaria e restauração fim do uso de plásticos

Artigos relacionados

Últimas

Nações Unidas e Instituto Future Food criam parceria para estimular inovação no sector agrícola e alimentar

O instituto Future Food e a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla inglesa) lançaram uma iniciativa conjunta para promover a inovação alimentar no sector da agricultura. […]

Últimas

Presidente de Câmara de Alcochete contra aumento do IVA na tauromaquia envia carta a Costa

O presidente da Câmara Municipal de Alcochete, na reunião de 5 de Fevereiro, deu conhecimento de que tinha enviado uma missiva ao primeiro-ministro, […]

Nacional

Floresta. Porquê Certificar? The Navigator explica as vantagens

A sustentabilidade ambiental, a luta pelo uso de recursos certificados,…etc.. Para quem é produtor florestal, vale a pena pensar em todas estas preocupações e certificar a sua floresta? […]