Vitacress abdica de área de cultivo para promover biodiversidade

Vitacress abdica de área de cultivo para promover biodiversidade

[Fonte: ECO] A empresa do sudoeste alentejano reserva 12% das quintas a faixas de flores para promover a biodiversidade.

A Vitacress, empresa nacional de produção de agrícola, foi distinguida pelo trabalho de sustentabilidade ambiental que desenvolve. A empresa abdicou de 12% de área de exploração, que agora é ocupada com faixas de flores que promovem a biodiversidade. Além de atrair polinizadores, esta zona promove o aparecimento de outros insetos que servem de alimento a outras espécies.

A empresa portuguesa “foi uma das entidades pioneiras na implementação deste programa internacional que contribui para o aumento da biodiversidade no setor agrícola, promovendo a criação de habitats propícios à proliferação de espécies de insetos polinizadores”, refere em comunicado.

Distinção foi entregue pela Syngenta a Clarisse Boto, agrónoma da VitacressD.R.

“Desde há muito tempo que a Vitacress tem um cuidado acrescido na promoção de práticas de sustentabilidade ambiental que permitem preservar a biodiversidade existente nas nossas quintas. O reconhecimento atribuído pela Syngenta vem confirmar que a nossa política de inovação nesta área está a dar os seus frutos e que, desta forma, estamos a contribuir para melhorar o habitat de todas as espécies que convivem connosco diariamente”, afirma Luís Mesquita Dias, diretor-geral.

Comente este artigo
Anterior UE e Mercosul chegam a acordo sobre o comércio
Próximo Não de obra

Artigos relacionados

Últimas

Alimentação do futuro concilia o regresso às origens com novas tecnologias

A Conferência Portugal Saudável realizada no dia 06 de março, na Fundação Oriente, concluiu que o futuro da alimentação vai conjugar o regresso às origens com as novas tecnologias. […]

Últimas

Parlamento Europeu quer alargar fundo que apoia desempregados

O Parlamento Europeu quer alargar o número de pessoas apoiadas no âmbito do fundo europeu de ajustamento à globalização, que ajuda quem perdeu o emprego por razões como o fecho de uma grande empresa ou a transferência da produção. […]

Internacional

Andalucía abonará 87 millones de la PAC a partir del 1 de abril y alcanzará el 98% del pago de la pasada anualidad

La Junta de Andalucía prevé abonar el 1 de abril 87,2 millones de la Política Agracia Común (PAC), por lo que unos 186.300 agricultores y ganaderos comenzarán a recibir ese abono de las subvenciones pendientes de la pasada anualidad. […]