Vinha: Mais um mês para candidaturas a apoios do Programa VITIS

Vinha: Mais um mês para candidaturas a apoios do Programa VITIS

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]

O Governo alargou em um mês, para começar em 15 de Setembro, o período de candidaturas a apoios à reestruturação e reconversão das vinhas, no âmbito do programa VITIS.

Recorde-se que o período de submissão de candidaturas ocorria desde 2018 anualmente entre 15 de Outubro e 15 de Novembro. Este ano foi antecipado como objectivo de, na campanha vitivinícola de 2020-2021, «dar continuidade ao regime de apoio» à reestruturação e reconversão da vinha, «por forma a não comprometer a dinâmica de investimento» no sector.

Outra alteração introduzida pela portaria é o agravamento da penalização no apoio por incumprimento do prazo de apresentação do pedido de pagamento das ajudas e da compensação financeira por perda de receita, que é apresentado depois dos investimentos integralmente executados.

Actualmente, o incumprimento do prazo de apresentação do pedido de pagamento implica uma penalização, por cada dia útil de atraso, de 1% do valor do apoio a que o beneficiário tem direito, sendo o pedido recusado quando o atraso for superior a 25 dias.

O VITIS abrange a concessão de uma comparticipação financeira para os investimentos realizados, através do pagamento de uma ajuda financeira e não reembolsável ou uma compensação pela perda de receita inerente à reestruturação e reconversão, quando a candidatura inclua parcelas de vinha no terreno.

Comente este artigo

O artigo Vinha: Mais um mês para candidaturas a apoios do Programa VITIS foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Anterior Oferta de emprego - Engenheiro de Processo - Eng.ª Alimentar, Ambiente ou Biotecnologia - Viseu
Próximo Baixo Alentejo abre pós-graduação em Sistemas de Informação Geográfica no Setor Florestal

Artigos relacionados

Sugeridas

Pacote leite será reanalisado pela CE e possívelmente prolongado – Video -declarações de funcionária da CE

Video de Brigitte Misonne, la mise en œuvre du “paquet lait” dans l’UE.

Últimas

Governo quer pagar dois mil milhões às empresas em 2018

Desde julho que o Executivo aumentou meta dos pagamentos para 1.250 milhões, em 2017, um crescimento de 25% face aos mil milhões previstos inicialmente. […]

Últimas

Produção nacional do sector agroalimentar substitui importações

[Fonte: Agricultura e Mar]
As exportações no sector agroalimentar cresceram mais do que as importações nos primeiros 7 meses de 2019. […]