Verba garantida para nova barragem em Viseu

Verba garantida para nova barragem em Viseu

[Fonte: Correio da Manhã]

Cinco concelhos da região assinaram um protocolo para a criação de uma empresa que permita a construção.

O ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, garantiu este sábado em Viseu que o Governo vai, ainda neste quadro comunitário de apoio, encontrar as verbas necessárias para construir uma nova barragem em Fagilde, Viseu.

“Obviamente que ainda dentro deste quadro comunitário de apoio encontraremos as verbas necessárias para apoiar aquilo que for possível, com a certeza de que o mais importante é este entendimento, esta vontade de construir em conjunto, sabendo já que, por esta vez, podemos dar este apoio e que ele nunca faltará, nem poderá faltar na estruturação destes investimentos”, assumiu João Matos Fernandes.

O ministro falava na cerimónia de assinatura de protocolo entre cinco municípios do distrito de Viseu – Mangualde, Nelas, Penalva do Castelo, Sátão e Viseu – que são abastecidos pela Barragem de Fagilde, com o intuito de criarem uma empresa plurimunicipal que permita a construção de uma nova barragem. Uma solução que o ministro do Ambiente e Transição Energética já tinha exigido em setembro de 2018, para que “a construção de uma nova barragem pudesse avançar de imediato”.

Os cinco municípios que agora se agregaram têm, juntos, uma população de “quase 155 mil habitantes”, que em 2017 “sofreram graves problemas de falta de água”.

No final da cerimónia, o ministro esclareceu à Lusa que não sabe quando avança a construção da nova barragem, porque “não há nenhum prazo para uma obra que nem projeto tem”, mas assumiu que o Governo vai “começar a trabalhar isso depressa”.

Comente este artigo

O artigo Verba garantida para nova barragem em Viseu foi publicado originalmente em Correio da Manhã.

Anterior Agenda agrícola
Próximo Lavradores da ilha Terceira convertem-se ao leite biológico

Artigos relacionados

Nacional

Banco Mundial desembolsa 216 milhões de euros para agricultura em Moçambique


Maputo, 15 fev (Lusa) — O Banco Mundial vai desembolsar 16 mil milhões de meticais (216 milhões de euros) para um projeto de desenvolvimento rural Integrado e Inclusivo em Moçambique, anunciou o ministro da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural, citado hoje pela imprensa local. […]

Nacional

Mexia: no Fridão “estou disponível para construir a casa”

[Fonte: Público]

O presidente executivo da EDP, António Mexia, afirmou hoje no Parlamento que a eléctrica está ainda disponível para assinar o contrato de concessão da barragem do Fridão, no rio Tâmega, projecto que foi cancelado pelo Governo.

“Estamos dispostos a assinar o contrato de concessão, […]

Últimas

“A ciência está na correta gestão da cultura”

[Fonte: Voz do Campo]

António Coelho, Fitolivos
A ciência está na correta gestão da cultura, ou seja, se no início do ciclo até podem ser aplicados produtos fitofarmacêuticos, à medida que o ciclo avança é a componente nutricional que deve ser reforçada. […]