Venda da madeira do Pinhal de Leiria já rendeu 13,6 milhões de euros

Venda da madeira do Pinhal de Leiria já rendeu 13,6 milhões de euros

A venda de lenha do Pinhal de Leiria rendeu já 13,6 milhões de euros, segundo o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), citado pela presidente da Câmara Municipal da Marinha Grande.

Segundo comunicado da autarquia, a informação foi prestada pelo ICNF numa reunião do Observatório do Pinhal do Rei, coordenado pela presidente da Câmara, Cidália Ferreira, e diz respeito à venda de 3.800 hectares de material lenhoso ardido no incêndio de 2017, cuja venda rendeu 13,6 milhões de euros.

Das árvores queimadas, estão por cortar cerca de 1.800 hectares, acrescenta o município da Marinha Grande.

Relativamente à recuperação do pinhal, “são 1.089 os hectares em que já houve reflorestação do ICNF, da Câmara Municipal e da sociedade civil, através do voluntariado de associações, empresas e fundações”.

As estradas que cruzam aquela zona verde, muitas delas encerradas desde os danos provocados pelo incêndio de 2017 e também pelo furacão Leslie, em 2018, estão a ser intervencionadas desde julho.

Segundo o ICNF, a intervenção vai criar 78 quilómetros lineares de faixas de segurança, “o que possibilitará a abertura em condições de segurança de algumas estradas”, sublinha a nota da Câmara Municipal da Marinha Grande.

O artigo foi publicado originalmente em SAPO 24.

Comente este artigo
Anterior Cotações – Cereais Outono-Inverno – Informação Semanal – 12 a 18 Agosto 2019
Próximo The Navigator Company apoia iniciativa “Vindimas 2019” do Instituto Superior de Agronomia

Artigos relacionados

Opinião

As práticas Agrícolas em épocas de elevado risco de Incêndios Florestais – João Sousa

É do conhecimento geral que em Portugal, ao longo de várias décadas, nos meses de maior calor há uma grande ocorrência de incêndios florestais. Apesar de todos os riscos associados (quer a nível […]

Nacional

ViniPortugal pressiona Governo a levantar limite de 1% para plantação de vinha

Frederico Falcão diz que o valor máximo previsto no regime de autorizações é “insuficiente para acompanhar o abandono” das vinhas devido à pandemia. As exportações de vinho sobem em 2020, […]

Sugeridas

Adega alentejana da Ervideira com faturação superior a 2,5 milhões de euros

A empresa produtora de vinhos alentejana Ervideira superou as expectativas de faturação em 2019 e fechou o ano a faturar mais de 2,5 […]