Vasco Cordeiro pede que setor do leite se entenda

Vasco Cordeiro pede que setor do leite se entenda

[Fonte: Açoriano Oriental]

O Açoriano Oriental desta quinta-feira destaca as declarações do Presidente do Governo no Conselho Regional da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural

Na capa, é dado destaque também à entrevista do eurodeputado Ricardo Serrão Santos, eleito pelo PS, quando está a terminar o mandato, bem como à notícia de que, no próximo ano, a Aurora Social e a Associação Portuguesa de Perturbações de Desenvolvimento e Autismo estarão a partilhar o novo Centro de Apoio à Deficiência que vai surgir no Pico do Salomão, em Ponta Delgada.

Na primeira página, é feita ainda chamada para a entrevista de Salvador Martinha que sente que vai “partir tudo” no Teatro Micaelense.

Comente este artigo

O artigo Vasco Cordeiro pede que setor do leite se entenda foi publicado originalmente em Açoriano Oriental.

Anterior Governo e BEI garantem apoio a agricultores fora dos fundos comunitários
Próximo I Seminário Ibérico do Porco Alentejano

Artigos relacionados

Últimas

Arderam 3.700 hectares de floresta em Vila de Rei

[Fonte: Rádio Renascença]

O presidente da Câmara de Vila de Rei fez esta quarta-feira um balanço provisório da destruição causada pelo incêndio e disse que, no concelho, arderam cerca de 3.700 hectares, sobretudo de floresta, além de algumas habitações, alfaias agrícolas, […]

Nacional

Vai haver mais sobreiros em todo o país

[Fonte: Expresso]

No dia de Natal, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, plantou um sobreiro em Figueira, Pedrógão Grande, à espera de ter, dentro de uma década, “um símbolo bem frondoso” na terra marcada pelo incêndio de junho último. Por essa altura, […]

Últimas

Agricultores contra fim de apoios comunitários ao olival no Alqueva

[Fonte: Gazeta Rural]

A Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo (FAABA) alertou hoje que o fim dos apoios comunitários a novos projetos de olival e agroindústrias associadas “pode ter consequências graves” no aumento do regadio no Alqueva. […]