Vão nascer Condomínios de Aldeia para prevenir incêndios

Serão entidades operacionalizadas pelas autarquias, em estreita articulação com as associações locais, organização de produtores florestais e entidades gestoras de baldios

Para a gestão dos espaços comuns e das faixas de gestão de combustível em torno dos pequenos aglomerados urbanos rurais O Governo quer criar a figura dos Condomínios de Aldeia, os quais serão operacionalizado pelas autarquias, em estreita articulação com as associações locais, organização de produtores florestais e entidades gestoras de baldios.

O Governo promete também reforçar os incentivos financeiros e as penalizações aplicáveis aos proprietários de prédios urbanos e mistos não edificados, situados entre o aglomerado urbano e os espaços rurais.

Por outro lado garante a criação de unidades de gestão, em áreas percorridas por incêndios de grandes dimensões, de modo a garantir a recuperação do coberto vegetal de forma ordenada e diversa

Será também estabelecido um programa de comunicação integrada para a valorização social das atividades florestais e silvopastoris e modificação de comportamentos de risco.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Expresso.

Anterior Vem aí uma agricultura mais tecnológica e mais eficiente
Próximo Governo: Principais medidas fiscais do programa do executivo

Artigos relacionados

Sugeridas

Alemanha encomenda três milhões de euros de canábis à Tilray Portugal

[Fonte: JN] A Tilray Portugal anunciou, esta quarta-feira, uma encomenda de canábis medicinal, no valor de três milhões de euros, […]

Últimas

2017: “um ano muito seco no Douro” que gerou “vinhos ex traordinários”

Comente este artigo

#wpdevar_comment_5 span,#wpdevar_comment_5 iframe{width:100% !important;}
O artigo foi publicado originalmente em Vida Económica. […]

Eventos

Debate virtual sobre a governança comunitária de florestas nos países de língua portuguesa – 26 de Novembro a 9 de Dezembro de 2017

As florestas e sua gestão mudaram substancialmente nos últimos 25 anos. Embora globalmente, a extensão das florestas do mundo continue a diminuir à medida que as populações humanas e a procura de alimentos e terras continuam a crescer, […]