Valorfito apresenta novo website

Valorfito apresenta novo website

O Valorfito, designação pelo qual é conhecido o Sistema Integrado de Gestão de Embalagens e Resíduos em Agricultura, renovou o seu website. Uma plataforma digital que tem como objetivo, de forma cada vez mais simples e clara, esclarecer o sector acerca da recolha e gestão dos resíduos de embalagens primárias de produtos fitofarmacêuticos, biocidas e sementes de uso profissional.

A renovação do site valorfito vem complementar e facilitar a passagem de informação por mais de 1.000 pontos de retoma espalhados pelo país, passando pelas regiões autónomas, de forma mais rápida, intuitiva e direta. A plataforma, acessível a qualquer pessoa, está hoje mais apelativa e adaptada às necessidades de informação do setor.

Apesar de apresentar uma imagem e formato de navegação renovados, a plataforma digital mantém todos os documentos imprescindíveis ao cumprimento dos objetivos do sistema, com a vantagem de facilitar a comunicação entre os vários parceiros envolvidos, permitindo o acesso rápido a todas as normas de funcionamento e adesão.

Para o diretor-geral do Valorfito, António Lopes Dias “a renovação do website surge precisamente no âmbito do investimento que tem sido feito, ao longo dos últimos anos, num reforço de comunicação e sensibilização. A modernização desta importante ferramenta de comunicação permite facilitar ainda mais a interação entre sector e os pontos de retoma, algo que é fundamental para que os valores anuais de recolha destas embalagens continuem a orgulhar-nos.

Tendo como prioridade a partilha de informação sobre o destino adequado para os resíduos de embalagens vazias de produtos fitofarmacêuticos, biocidas e sementes de utilização profissional, assim como a difusão de informação sobre o cumprimento da legislação nesta matéria, esta modernização permite dar resposta a todas as dúvidas do sector de forma simples e rápida, à distância de um clique.

Comente este artigo
Anterior Presidente de Câmara de Alcochete contra aumento do IVA na tauromaquia envia carta a Costa
Próximo Brasil utiliza vespas como agente biológico de controle do greening nos citrinos

Artigos relacionados

Dossiers

Formação técnica para produção de cereais de outono/inverno, visando a rentabilidade e estabilidade de produção

A ANPOC, o INIAV e o IP-BEJA estão a organizar a 4ª Formação Técnica de Cereais que tem como público-alvo agricultores, técnicos agrícolas, operadores de maquinaria agrícola, estudantes e qualquer outra pessoa que deseje ter uma maior especialização nesta área agrícola. […]

Notícias Biossoluções

Eliminar todos os vestígios de produtos químicos das frutas, legumes e cereais

Foto: Félix García , CEO do Kimitec Group
Kimitec Group assume como principal diretriz, eliminar todos os vestígios de produtos químicos das frutas, […]

Últimas

APA reconstrói canal no Baixo Mondego e confirma 12 milhões em intervenções

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) anunciou, hoje, a conclusão da reconstrução do canal condutor do Mondego, em Santo Varão, investimento […]