Universidade de Coimbra sem carne de vaca? Capoulas fala de “populismo” e “demagogia”

O Reitor da Universidade de Coimbra anunciou a polémica decisão de acabar com a carne de vaca nas cantinas escolares. O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, já a reagiu e fala de “populismo” e “demagogia”.

“Proibir ou educar?”, assim começa o post de Capoulas Santos na sua página pessoal do Facebook. “Não deixa de ser amargo constatar que até as vetustas paredes da centenária academia são permeáveis ao populismo e à demagogia”, escreve o ministro da Agricultura.

E acrescenta que “sete séculos depois o decreto ainda derrota a educação, que é a maior garantia da liberdade individual e, dentro desta, da liberdade de escolha informada”.

Roteiro para a Neutralidade Carbónica

Tal como aquando da apresentação do Roteiro para a Neutralidade Carbónica (RNC2050), em Dezembro de 2018, quando o ministro do Ambiente e Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, anunciou a intenção reduzir entre 30% e 50% a produção de carne de vaca até 2050, Capoulas Santos ficou do lado dos agricultores.

Capoulas Santos declarou então no Parlamento que “a agricultura é o sector que mais fixa carbono, mas contribui também com 10% para as emissões. Temos de ter em conta que dos 10% apenas 2,5% dizem respeito aos ruminantes“. E desses “1,5% diz respeito aos bovinos de carne. Não me parece que a descarbonização da sociedade portuguesa se vá resolver à custa dos bovinos de carne”.

Ver também:

Agricultores do Baixo Alentejo: Reitor de Coimbra “está a ensinar o quê? O fundamentalismo? A imprecisão?”

Jovens Agricultores: “Vacas, sim! Alarmes, não!”

CNA: Foi uma “precipitação do Reitor”. Interdição da carne de vaca nas cantinas da Universidade de Coimbra é “posição demagógica e errada”

Federação Agrícola dos Açores: Reitor da Universidade de Coimbra é “contra a produção nacional”

Confagri repudia “radicalismo” do Reitor da Universidade de Coimbra. “Matar o mundo rural não é a solução”

Produtores de leite protestam contra proibição de carne de vaca na Universidade de Coimbra

CAP contra proibição da carne de vaca nas cantinas da Universidade de Coimbra

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior Ministro da Agricultura contra a decisão de eliminar carne de vaca na Universidade de Coimbra
Próximo Eleições. Líder do PAN admite abolição de portagens no interior para fixar pessoas

Artigos relacionados

Comunicados

5.ª edição das 24H Agricultura Syngenta: adiada para abril de 2021 – Santarém

No contexto da atual problemática do novo coronavírus Covid-19, e face às recomendações da Direção Geral de Saúde para contenção da sua […]

Últimas

Lusoflora: Seminários marcados para dia 22

Sob o tema “A Competitividade da Horticultura Ornamental”, a Lusoflora decorre nos dias 22 e 23 de Fevereiro, no CNEMA, em Santarém. […]

Nacional

“Mais de 90% dos municípios” têm planos de defesa da floresta eficazes, garante MAI

O ministro da Administração Interna garante que mais de 90% dos municípios em Portugal têm planos de defesa da floresta contra incêndios eficazes. […]